segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Caveira na neve: PM do Rio vai escalar monte Aconcágua, a 7.000 m de altitude

 No Peru, em 2010, ele fez uma homenagem ao Bope
Há 17 anos na Polícia Militar, um major vai subir um morro pela primeira vez na carreira. Não se trata de nenhuma favela, com traficantes fortemente armados. O desafio de Henry Pinheiro, de 48 anos, é outro. Em janeiro, ele vai escalar o monte Aconcágua, nos andes argentinos, cujo topo fica a quase 7.000 metros de altitude. Ele é o primeiro PM do Rio a encarar o ponto mais alto das Américas.
Dentista na corporação, o major Henry vai enfrentar 17 dias de escalada e caminhadas até o topo do Aconcágua. Acostumado à tropa, ele vai enfrentar dias de muito frio e solidão, já que terá companhia de uma equipe apenas até o acampamento, na base da montanha.
Morador de Icaraí, Henry trabalha no Hospital da PM em Niterói, cidade onde treina pelo menos duas horas por dia, sempre em contato com a natureza. Para os exercícios mais pesados, o dentista sobe correndo os 21 lances de escada do prédio onde mora, com mais de dez quilos de equipamentos na mochila.
O policial começou a praticar montanhismo aos 17 anos, por intermédio da prima, que já gostava do esporte. Seu primeiro desafio foi o Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do Brasil. Desde então, não parou mais. Em 2010, encarou a subida da montanha Pisco, no Peru. Para a missão, foram 13 dias de treinamento intenso, altitude e frio, mas Henry quebrou o próprio recorde.

Com o curso de Ações Táticas urbano e rural do Bope (Batalhão de Operações Especiais) no currículo, ele homenageou os “caveiras” aos hastear a bandeira da unidade no alto da montanha Pisco.


4 comentários:

  1. "Operações Especiais" não é só o BOPE

    O BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) não tem a única tropa de elite da PMERJ. Há outros Batalhões Especializados que também possuem um efetivo diferenciado (de elite), por exemplo: o BPChq (Batalhão de Polícia de Choque), o BPTur (Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas), o BAC (Batalhão de Ações com Cães), o BPFMA (Batalhão de Polícia Florestal e de Meio Ambiente) e o BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, todos deveriam receber as mesmas gratificações!

      Excluir
  2. ANÔNIMO DE 20:37 VC DISSE DO BPCHQ, BPTUR, BAC MAS ESQUECEU DE DIZER O BPFLOR FULGO MMO ... MAMA ME OLHANDO...

    ResponderExcluir
  3. O PRÓXIMO A SER PROCESSADO SERÁ O CMT GERAL DA PMERJ, POIS ESTÁ DEIXANDO VÁRIOS PMs SEM A DEVIDA ETAPA DE RANCHO, SEM OS MESMOS TEREM ONDE SE ALIMENTAR E SEM DIZER PARA ONDE O DINHEIRO DA ETAPA DE CADA PM ESTÁ INDO. UMA GRANDE ASSESSORIA JURÍDICA JÁ FOI CONSULTADA, ONDE DE POSSE DE VÁRIOS DOCUMENTOS JÁ PREPAROU A AÇÃO, ONDE O RÉU SERÁ NADA MENOS QUE O CMT GERAL DA PMERJ. AGUARDEM!!!

    ResponderExcluir