quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Milicianos obrigam motoristas de vans a pagarem pedágio de até R$ 200 na zona oeste do Rio

Motoristas de vans Cooperativa Rio de Prata realizaram uma reunião na manhã desta quarta-feira (12), no bairro de Bangu, na zona oeste do Rio, com objetivo de debater sobre as ameaças que estariam recebendo de milicianos. Os suspeitos estariam cobrando R$ 200 de pedágio.
Segundo os motoristas, os criminosos armados ameaçaram incendiar os veículos caso a taxa de R$ 200 por semana não seja paga. Ainda segundo eles, a extorsão ocorre nos bairros de Santa Cruz e Sepetiba.
Temendo represálias, a Cooperativa Rio da Prata tirou  80% da frota de circulação. Não é a primeira vez que os cooperados sofrem ameaças. Em outubro, um grupo exigia diária de R$ 150 para permitir a circulação dos veículos.

Um comentário:

  1. O que está acontecendo na zona oeste do Rio? Alguém registrou o crime na DP? Procuraram o BPM da área?

    ResponderExcluir