Segundo os agentes, fazem parte da quadrilha dois policiais militares. O informante do bando será apresentado às 10 horas na sede da DAS, no Leblon, Zona Sul da cidade.

 JORNAL EXTRA
A Divisão Antissequestro, com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e um helicóptero da Polícia Civil, prendeu, na madrugada deste sábado, uma quadrilha que extorquia a família de um traficante. Foram capturados dois policiais militares - um cabo e um soldado - e um informante.
De acordo com a DAS, um primo do criminoso foi mantido refém, em Deodoro, há três semanas, e a quadrilha pediu R$ 30 mil pela sua libertação. Foram pagos apenas R$ 19 mil, mas o parente foi liberado mesmo assim. O bando voltou a extorquir a família, cobrando o restante do pagamento.
Procurada pela família do traficante, a DAS armou uma emboscada para pegar a quadrilha. Os parentes marcaram com os bandidos de pagar os R$ 11 mil na Mangueira, e acabaram capturados.