terça-feira, 12 de março de 2013

O PREÇO DA VIDA


O assassino de Maria Vitória Oliveira de Souza, de 11 anos, Mauricio Henrique da Silva, confessou o crime aos policiais da Divisão de Homicídios (DH) e disse que matou a menina asfixiada por causa de uma televisão, que o avô da vítima havia dado para ele consertar. O aparelho voltou a dar problemas e a irmã gêmea de Maria Vitória sempre que o encontrava reclamava da TV.
- Ele disso que isso o irritou - contou um inspetor da DH.
Maurício foi preso, na noite deste domingo, quando estava escondido na casa de um parente, em Magé, na Baixada Fluminense. Ele não tinha passagens pela polícia. A criança estava desaparecida desde terça-feira e foi encontrada morta no sábado, dentro de um riacho num matagal, em Santa Cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário