sábado, 16 de março de 2013

PM de folga reage a assalto e mata suspeito em Botafogo

Um homem morreu após trocar tiros com um policial militar do 2º BPM (Botafogo) no início da madrugada deste sábado, em Botafogo, na Zona Sul. Lucas Luis de Melo, de 28 anos, tinha acabado de assaltar três mulheres na região e, ao colocar uma bolsa feminina dentro da outra, na esquina das ruas Marechal Niemeyer e Assunção, ainda tentou roubar o PM, que estava à paisana.
De acordo com o militar, que estava de folga, ele reagiu a abordagem do criminoso e o acusado efetuou disparos com uma arma de fogo. Houve troca-de-tiros e Lucas foi baleado a cinco metros do Hospital Samaritano. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. O policial não se feriu.
Segundo informações, o rapaz que já vinha praticando assaltos na região e no Humaitá desde às 20h, não tinha passagem pela polícia. “O bandido disparou duas vezes e o PM reagiu na hora com 5 ou 6 tiros. Foi o maior Bang-bang. Na hora foi muita correria. Por sorte o hospital estava vazio. Aqui nesta rua tem ocorrido muitos furtos”, comentou um segurança do Samaritano, que preferiu não se identificar.
O caso, inicialmente, foi encaminhado à 10ª DP (Botafogo). Na delegacia, três jovens com idades entre 18 e 20 anos registraram que haviam sido assaltadas por um homem com características semelhantes às do acusado.
A morte de Lucas Melo será investigada pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH), que além de periciar o local do confronto, ainda recolhou um revólver calibre 38 que estava próximo ao corpo de Lucas e a arma utilizada pelo PM. 

4 comentários:

  1. Bandido bom é bandido morto, parabéns ao Policial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matador de Bandidos19 de março de 2013 19:26

      Concordo com você a PMERJ devia matar uns 10 desses por dia ou melhor por hora, lembre-se DEUS criou sansão para matar, na terra o policial faz o papel de sansão ou seja matar vagabundos para a sociedade viver em paz.

      Excluir
  2. Concordo com vocês, bandido bom e bandido morto.

    ResponderExcluir
  3. E lamentável, rapaz tao jovem, perdeu a vida por tao pouco, que fique de exemplo para muitos, e que não venha acontecer denovo.

    ResponderExcluir