quarta-feira, 20 de março de 2013

Polícia Civil arrecada donativos para vítimas da chuva em Petrópolis

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro está recebendo doações para os desabrigados vítimas da chuva que caiu em Petrópolis, no último domingo (17). De acordo com o delegado titular da 105ª DP (Petrópolis), Alexandre Ziehe, os moradores estão precisando de roupas íntimas novas, roupas de cama, colchonetes e cobertores. As doações devem ser encaminhadas para a sede da unidade, na Rua Rio Branco, s/nº, Retiro, em Petrópolis.                         
Sobre o trabalho realizado para liberação de corpos encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), o delegado informou que a unidade policial auxilia no processo de identificação e autorização judicial, agilizando a entrega à família para o enterro. O Instituto de Identificação Félix Pacheco (IIFP) atua na identificação de vítimas através de papiloscapia, ou seja, pelas digitais. Os corpos que não conseguem ser identificados por este método e pela arcada dentária são reconhecidos pela família e é coletado material genético para o exame de DNA. Uma viatura da 105ª DP está à disposição para levar a documentação dos corpos não identificados, e apenas reconhecidos pelas famílias, para que a liberação para o enterro seja autorizada pela Justiça. 
A delegacia trabalha com efetivo reforçado. Oito policiais civis - dois da 107ª DP (Paraíba do Sul), dois da 108ª DP (Três Rios), dois da 110ª DP (Teresópolis) e dois do 7º Departamento de Polícia de Área (DPA) – estão auxiliando no trabalho, além de uma assistente social da Prefeitura. Até o momento, 27 corpos foram levados ao IML, 13 deles já liberados.

3 comentários:

  1. não mando um grão de nada,ainda mais com policia no meio,eles que corram atras de quem votaram, se achar,lá tem uns da propria comunidade que estão roubando as casas que a defesa civil interditou , era só fazer uma medida de emergencia autorizando as forças de segurança abater esses malditos no ato, quem vai ter coragem de votar isso? então que se danem! até hoje tem gente que não conseguiu nem votar para as casas já tem um ano. esses de março talvez em 2024. alea jacta est.

    ResponderExcluir
  2. TINHAM É Q COLHER ASSINATURA PARA COLOCAR CABRAL NA CADEIA, POIS SE PASSOU UM ANO E NADA DE APLICAR A VERBA PARA OS POBRES....

    ResponderExcluir
  3. Parabéns à PCERj, pois depois de "terminarem" tudo o que tinham que fazer, ainda tem disposição de realizar serviços da assistençia social.
    O DELPOL. já deve ter concluido todos os casos, pois está procurando novas funções (Assistente Social), meus Parabéns Charlies!!!

    ResponderExcluir