sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Beltrame : é cedo dizer que PMs sejam culpados no caso Amarildo

O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, considerou "leviano" afirmar que policiais militares sejam os responsáveis pelo desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza na Rocinha, na Zona Sul do Rio, no dia 14 de julho. A avaliação foi feita, nesta sexta-feira (2), em resposta às declarações da ministra  da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, que considerou a polícia como a principal suspeita do crime.
Beltrame afirmou que respeita a posição da ministra, mas frisou que o caso ainda está sendo apurado e qualquer conclusão seria prematura. Além disso, o secretário frisou que, se a investigação apontar que PMs tiveram participação no desaparecimento do pedreiro, eles serão punidos.
"Particularmente, não há que se antecipar juízo de valor, acho que qualquer coisa fora da verdade, a verdade ela é feita atraves do inquérito policial, é especulação, e especulação prejudica a todos nós. Qualquer tipo de linha de investigação que não vai ser exaurida, nós temos que dar esta resposta. Não pode ser um fato destes macular um trabalho de seis anos que vem sem dúvida nenhuma mudando índices de criminalidade e mudando as vidas das pessoas deste estado", disse Beltrame

3 comentários:

  1. Esta bruxa deveria saber que no Estado de Direito todos são inocentes, que todos absolutamente todos tem o direito ao devido processo legal, ao contraditório e a ampla defesa. Quem essa Sra. pensa que é para sair por aí pré julgando e condenando cidadãos sem observar questões legais.

    ResponderExcluir
  2. É uma protetora de bandidos, deve ser amiga do Afroganso

    ResponderExcluir
  3. A calúnia também é crime.

    ResponderExcluir