quinta-feira, 15 de agosto de 2013

DEPUTADO PEDE PELO FIM DA "PUNIÇÃO GEOGRÁFICA" DOS PMS E BMS

2 comentários:

  1. A Segurança Pública não é prioridade no Rio de Janeiro, pois o ESTADO não investe em seus profissionais. O Policial Militar do Rio de Janeiro não tem um salário digno! É preciso PRESERVAR o PODER AQUISITIVO do PM do Rio, reajustando os soldos da Corporação e evitando que fiquem abaixo do MÍNIMO! O salário do PM do Rio continuará sendo o pior do país?

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Segundo o DIEESE, o SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O referido piso tem o objetivo de atender ao artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS. O vencimento bruto do soldado PM/BM no RJ está R$815,22 abaixo do supracitado valor, é de apenas R$2.077,25 (dois mil e setenta e sete reais e vinte e cinco centavos).

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro paga um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO vigente (R$ 678,00) aos CABOS E SOLDADOS da PMERJ e do CBMERJ. Sérgio Cabral precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o ARTIGO 7º, INCISO IV, DA CARTA MAGNA. "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." O SD PM RG 100.000 EVERSON INCORPOROU no dia 06 de Agosto de 2013 e ganhará muito menos do que precisa, infelizmente! Espero que ele seja honesto e honre a farda que estiver vestindo, pois ganhar mal não é motivo para cometer desvios de conduta, ou seja, se envolver em atos que possam denegrir a imagem da corporação.

    Não ao salário de fome! Por um salário mínimo vital de R$ 2.892,47 para o soldado da PMERJ e do CBMERJ. A tropa quer apenas o básico!

    ResponderExcluir
  2. DEVERIAM PEDIR PELO FIM DESTA ESCALA ABSURDA 24X48. POR MAIS QUE FAÇAM ALGUMA COISA, HAVERÁ SEMPRE UM CORONEL DEPUTADO PRA PODER DAR UM JEITO. COMECE PRIMEIRO POR UMA ESCALA JUSTA. ESTAMOS PRATICAMENTE TODOS OS DIAS DE CARA COM A CRIMINALIDADE E NÃO QUEREM QUE O POLICIAL ABSORVA O ESTRESSE DO DIA A DIA. SÓ UMA OBSERVAÇÃO,SE NÃO ME ENGANO, O GOVERNO DO ESTADO TROUXE AQUELA BABAQUICE DE TELEFÉRICO QUE IMPLANTARAM NO COMPLEXO DO ALEMÃO (CORRIJAM-ME SE EU ESTIVER ERRADO, POR FAVOR)COPIANDO DE UM MODELO ,QUE DEU CERTO, LÁ DA COLOMBIA, NÃO FOI, ONDE CONSEGUIRAM REDUZIR O PODER DOS TRAFICANTES NAQUELA COMUNIDADE. BEM, MAS PRA DAR MAIS CERTO AINDA, O GOVERNO ESQUECEU DE IMPLANTAR O PROGRAMA POR COMPLETO. UM PROFESSOR MEU DE ADM PÚBLICA, DISSE PARA A TURMA QUE O GOVERNO DA COLOMBIA, TAMBÉM-JUNTO COM O PROGRAMA DO TELEFÉRICO- CRIOU UM PROGRAMA PARA MANTER SEUS POLICIAIS LONGE DO ENVOLVIMENTO COM O NARCOTRÁFICO. O GOVERNO CONSTRUIU UM HOSPITAL , COM MATERIAIS DE "PRIMEIRO MUNDO", SÓ PARA POLICIAIS E SEUS FAMILIARES. A PARTIR DO MOMENTO QUE O CIDADÃO SE TORNA UM POLICIAL, A FAMILIA DO POLICIAL JA TEM DIREITO A SER ATENDIDO POR ESSE HOSPITAL, DESTINADO SOMENTE PARA O POLICIAL E SUA FAMILIA. AGORA, LÁ O POLICIAL SÓ SE ENVOLVE COM MERDA SE ELE QUISER, MAS O CARA TEM QUE SER MUITO BURRO PRA SE ENVOLVER, POIS , SE O POLICIAL FOR EXPULSO, A FAMILIA PERDE TODO O BENEFICIO. FOI UMA DAS MANEIRAS QUE O GOVERNO DAQUELE PAIS ENCONTROU PARA REDUZIR O ENVOLVIMENTO DE POLICIAIS COM O CRIME. QUANTO A NOSSA REALIDADE...

    ResponderExcluir