quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Black Blocs presos vão responder por formação de quadrilha

A Polícia Civil deteve, na manhã desta quarta-feira, cinco integrantes do grupo Black Bloc, que, segundo as autoridades da área de segurança do estado, vem realizando atos de vandalismo nas manifestações que acontecem desde junho no Rio. Foram apreendidos dois menores e presos três maiores, que responderão pelos crimes de formação de quadrilha armada e incitação à violência. Um deles também vai responder por pedofilia, já que foram encontradas em seu computador imagens de relações sexuais entre menores.

Entre os presos, está um jovem de 21 anos que confessou ser um dos líderes do grupo. Ele foi preso em casa no Cachambi, na Zona Norte do Rio, onde foram encontrados equipamentos para furar pneus de automóveis e máscara de gás.
A chefe da Polícia Civil, delegada Martha Rocha, informou que os três jovens admitiram que eram administradores da página dos Black Blocs e que estavam construindo artefatos de ação perfurante de múltiplas pontas que seriam usados durante os protestos preparados para o 7 de setembro.
- Encontramos vários materiais, máscaras, faca, artefato de ação perfurante de múltiplas pontas conhecido como 'jacaré'. O artefato tem pregos, quando jogado pode ferir manifestantes, policiais, jornalistas. Quando analisamos a página dos Black Blocs há um comando para multiplicar esse objeto. Isto é uma ação criminosa - afirmou Martha Rocha, acrescentando que a polícia vai "continuar investigando a ação dessas pessoas".
Na página desse suposto líder do grupo no Facebook, ele ensina como fazer bombas caseiras. O irmão dele, que é menor, foi apreendido.
Em entrevista coletiva, a chefe da Polícia Civil, Marta Rocha, afirmou que as investigações vão continuar e outros integrantes do Black Bloc devem ser identificados.
A ação foi desencadeada no fim da madrugada desta quarta-feira e conta com cerca de 30 policiais, que cumpriram mandados de prisão em Niterói, São Gonçalo, Tribobó e na Zona Norte do Rio. Na ação, foram apreendidos computadores, celulares e laptops. As equipes continuam nas ruas cumprindo outros mandados de prisão e de de busca e apreensão.


Um comentário:

  1. ESPÍRITO SANTO: Realinhamento salarial:
    Aconteceu na manhã desta quinta-feira (05/09), reunião das Entidades de Classe da PM e BM (ASSES, ACS e ABMES), com a presença das seguintes autoridades: Secretário de Gestão e Recursos Humanos (SEGER), Dr. Aminthas Loureiro Júnior, Subsecretário da SEGER, Dr. Charles Dias de Almeida, Secretário de Segurança (SESP), Dr. André de Albuquerque Garcia, Comandante Geral da PMES, Cel PM Edmilson dos Santos, Comandante Geral do CBMES, Cel BM Edmilton Ribeiro Aguiar Junior, além dos membros do grupo de estudos criado pelo governo para o realinhamento salarial: Cel PM Guedes, Ten Cel PM Basset e Ten Cel BM Samuel, com a finalidade de informar às Entidades de Classes sobre o andamento dos estudos referentes à proposta de realinhamento salarial encaminhada pelas Entidades.

    Na oportunidade, a SEGER informou que os estudos já estão concluídos e que atendem a todos os militares estaduais da ativa, reserva e pensionistas, proposta esta já apresentada e analisada pelos Comandantes das corporações, faltando apenas aprovação final no Comitê Gestor, que é formado por 07 (sete) Secretários de Estado, com reunião prevista para o próximo dia 12 de setembro de 2013, sendo este o motivo da não apresentação em definitivo da nova tabela.

    No decorrer da reunião, os representantes de classe indagaram ao SEGER se existe a intenção do Governo em enviar a Assembleia Legislativa do ES, projetos de forma fracionada, ou seja, primeiro o projeto dos oficiais e depois o projeto dos praças, sendo respondido pelo Secretário que o Governo enviará um único Projeto de Lei.

    A proposta final será apresentada às Entidades de Classe logo após a reunião do Comitê Gestor prevista para o dia 12 de setembro de 2013, onde conheceremos o conteúdo da proposta e então a levaremos ao conhecimento dos nossos associados.

    ResponderExcluir