segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Bombeiro é morto a tiros no Complexo do Alemão

Um bombeiro foi assassinado a tiros na comunidade da fazendinha, no Complexo de Favelas do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a polícia, moradores da região acionaram agentes da Unidade de Polícia Pacificadora sobre um corpo na localidade.   
O crime aconteceu na rua Acari, perto de um CIEP. O militar foi identificado como Leandro Martins Macedo. A PM acionou agentes da divisão de homicídio para investigar o caso. O local onde o crime ocorreu está isolado.

2 comentários:

  1. PROVAS PROFISSIONAIS CBMERJ...militares estão sendo escalados aleatoriamente e não voluntários para as provas profissionais.....SR. SIMÕES....têm bombeiro escalado que não quer participar.....bombeiro que trabalha na folga (bico) para complementar a renda, bombeiro que cuida da casa e das crianças na folga enquanto a esposa trabalha.....bombeiro que foi escalado que não gosta e nem têm aptidão para competição (embora sejam bons profissionais).....O bombeiro vai ter que perder folga para treinar e ainda participar de uma coisa contra a sua vontade......SENHORES TENHAM BOM SENSO.....DEIXEM QUEM É VOLUNTÁRIO PARTICIPAR DAS PROVAS PROFISSIONAIS....NÃO OBRIGUEM O BOMBEIRO A FAZER O QUE NÃO PODE OU NÃO QUER....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nome diz:Bombeiro Militar.Tem de ser um profissional físicamente capaz de desempenhar uma missão de alto risco.Exige agilidade e desenvoltura física para escalar e carregar pessoas, subir uma escada Magirus sem titubear, manejar mangueiras de incendio cujo jato é poderoso e pode desiquilibrar um homem de grande estatura.Mas alguns candidatos pensam só na chance de ter um emprego.Quando vai fazer a prova já sabe quanto vai ganhar.Então não pode alegar que o salário é ruim, a rotina é exigente, nada...não gostou, pede exoneração...

      Excluir