domingo, 6 de outubro de 2013

SERVIR E PROTEGER ...MESMO SEM RECEBER!


5 comentários:

  1. É só retornar os 2.300 (dois mil e trezentos) isto mesmo Policias Militares que estão cedidos a outros órgãos principalmente na Secretaria de Segurança (SESEG) aí teremos reforço nos Batalhões. E acabar com este infeliz RAS, tem é que pagar um salário condigno com a função Policial, chega de penduricalhos, chega de gratificações, SALÁRIO DIGNO COM A FUNÇÃO POLICIAL.

    Ass. Maj PM indignado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveremos cobrar a PEC 300 na plataforma dos presidenciáveis.

      Qual será a posição dos candidatos em relação à segurança pública? Fundo Nacional, Piso Nacional (PEC 300), dentre outros temas. É importe que a categoria crie um protocolo de intenções para os pré-candidatos à presidência da república. Só poderemos votar em quem acredita e aposta na segurança pública. Temos que fazer campanha contra o PT!!!

      Excluir
    2. ha valeu major!! excelente! 2300 policiais acabariam com o problema? e os 10.000 que entraram agora, pra q? pra brincar na favela? ta de sacanagem? em relação ao salario concordo, tem q acabar com o militarismo e botar vcs pra trabalhar (oficiais), ficar indignado na mesinha é mole! quero ver entrar no ras obrigatório do meu Bpm.

      Excluir
  2. Sem PM, não há democracia.

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do soldado PM/BM no RJ está R$ 815,22 abaixo do referido piso, é de apenas R$ 2.077,25 (dois mil e setenta e sete reais e vinte e cinco centavos). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A vida de Militar Estadual é complicada (o risco é grande e o salário é insuficiente).

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)? Pagar um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO vigente aos CABOS E SOLDADOS é o fim da picada!

    OBS: DINHEIRO PARA PAGAR BEM O GOVERNO DO ESTADO TEM!

    ResponderExcluir
  3. O eleitor é o verdadeiro patrão

    “Até quando continuaremos a aceitar que os velhos LOBOS continuem fazendo do BRASIL tudo o que querem como se fossem os únicos donos, pois devemos ter a plena consciência de que aceitamos tudo passivamente calados, sem fazer nada, e sempre persistindo no mesmo erro de votar novamente em quem criticamos e vemos todos os dias nas principais manchetes sobre o tema corrupção, será que em 2014 vamos errar novamente, será que o BRASIL realmente acordou, o que mais quero e o que mais desejo é que o que está acontecendo no Brasil possa realmente mostra que você Eleitor é o verdadeiro patrão

    “Yes, we can”

    ResponderExcluir