segunda-feira, 2 de junho de 2014

PMs da UPP da Rocinha removem corpo do local do crime após tiroteio

JORNAL EXTRA

 Um vídeo obtido pelo jornal “Extra” mostra um grupo de policiais da UPP da Rocinha retirando do local do tiroteio, antes que a perícia fosse feita, um homem baleado durante operação realizada no sábado.
Os agentes da UPP da Rocinha levaram a vítima, identificada como Josiel Rafael Silva, de 43 anos, para o Hospital Miguel Couto. De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, ele não chegou a dar entrada na unidade, porque já estava morto.
O vídeo teria sido feito pelos próprios policiais que participaram da operação, que deixou outros dois feridos. Antes de remover o homem, eles demonstravam indecisão e nervosismo. Um grupo defendia que a retirada só ocorresse depois da chegada dos peritos da Polícia Civil, enquanto outro pedia a presença de um superior no local.
A UPP da Rocinha é comandada pela major Priscilla Azevedo. A oficial não foi localizada para comentar o caso.
Em nota, a Secretaria de Segurança afirmou que “o socorro se deu em razão de (os policiais) não terem condições de constatar se o acusado estava vivo”. A Coordenadoria de Polícia Pacificadora também afirmou que a vítima foi levada ainda com vida para o hospital.


video

10 comentários:

  1. RECRUTA !!!!!!! ,COISA DE RECRUTA MESMO DEPOIS FALAM QUE NÃO SABIAM , QUE A CIGANA NÃO LEU DIREITO AS SUAS MÃOS ,NÃO ESTOU GENERALIZANDO MAS PARECEM QUE AINDA NÃO DEIXARAM A FICHA CAIR E ,QUE NÃO SE DERAM CONTA DA INSTITUIÇÃO POLICIA MILITAR ,ONDE TODOS OS HOLOFOTES CONTRA AGENTE FICAM DIRECIONADOS E ESTA AÍ MAS UMA CAGADA DE PAU , RECRUTA DESGRAÇADO.

    ResponderExcluir
  2. -PQP!!!
    -ALÉM DE FAZEREM A CAGADA DE FILMAR, AINDA DEIXA O "PORTA VOZ"DE BANDIDOS (O JORNAL EXTRA)TEREM ACESSO AS IMAGENS!
    -RESULTADO?
    -PEDIRAM PARA SE FUDEREM!!!
    -"AGORA RECRUTADA! CHUPA QUE A CANA É DOCE!!!""

    ResponderExcluir
  3. Estao levando a nossa PM na sacanagem acham que estao brincando coisa de recruta mesmo colocar eles sozinhos sem um PM antigo só vao fazer merda filmaram a própria exclusao, babacas.

    ResponderExcluir
  4. REALMENTE COISA DE RECRUTA, MAS COMO TAMBÉM JÁ FUI RECRUTA, NÃO POSSO JULGA-LOS POIS ESTÃO TOTALMENTE PERDIDOS, NESSA LUTA, INJUSTA EM QUE SÃO VITIMAS FREQUENTES DE BANDIDOS, E PIOR, DA IMPRENSA E DA PRÓPRIA PM, QUE OS COLOCA SEM O MENOR PREPARO E SEM A EXPERIÊNCIA, QUE É VITAL PARA O NOSSO SERVIÇO, EM UM AMBIENTE COMPLETAMENTE HOSTIL E ESTÃO MATANDO UM LEÃO POR DIA,TEMOS QUE LEMBRAR, O QUANTO FICAMOS ASSUSTADOS E APREENSIVOS QUANDO NOS FORMAMOS, E QUE JÁ FIZEMOS DURANTE NOSSA CAREIRA MUITA BESTEIRA, A FINAL NINGUÉM É SANTO NESSA POLICIA.

    ResponderExcluir
  5. E queria saber se a proibição de desfazer local de crime e só para a pmerj a pcerj não e proibida. Outra coisa e ficar aguardando a pericia de uma a cinco horas preservando o local que é zona de conflito arriscando a vida dos policiais e moradores da rocinha por causa dessa demora.

    ResponderExcluir
  6. PROCEDIMENTOS GENÉRICOS
    :
    1) Socorrer a vítima (primeiros socorros) ou providenciar atendimento médico;
    2) Prender o infrator (se possível);
    3) Interditar o local;
    4) Preservar o local;
    5) Comunicar o fato ao COPOM, ou a sala de Operações e à DP da circunscrição;
    6) Arrolar testemunhas e realizar a investigação preliminar;
    7) Aguardar no local a chegada da Autoridade de Polícia Judiciária e da Perícia Criminal


    O policial militar em qualquer local de infração penal, deverá observar as seguintes regras de
    comportamento:
    1) Não fumar e nem permitir que fumem, visto que palitos de fósforo, cinzas e pontas de
    cigarros, muitas vezes constituem elementos de valor criminalístico e, se tiverem sidos depositados no local após o seu isolamento, poderão confundir os peritos;
    2) Os aparelhos telefônicos existentes no local, bem como as dependências sanitárias ou quaisquer outras, não deverão ser utilizados.
    3) Não prestar qualquer tipo de informação ou emitir opinião, a não ser àqueles a quem por dever de ofício cabe informar sobre o fato
    ;
    4) Evitar que seja tomada a sua própria fotografia atuando no local
    ;
    5) Permitir o trabalho dos órgãos de comunicação no local de interesse, somente após a
    liberação do mesmo pela Perícia Criminal e pela autoridade de Polícia Judiciária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ISSO É, SE FOSSE UM PAÍS SERIO, MAS AQUI É O BRASIL, DEIXA DE TEORIA SEU MERDA.

      Excluir
    2. Se os bolas de ferro atentasse a isso, não veria a naba indo atrás deles !

      E outra, isso é NI DA CORPORAÇÃO - PMERJ.

      Excluir
  7. DUVIDO QUE ALGUM POLICIAL, FAÇA EXATAMENTE O QUE DIZ NAS NIs, QUANDO SAÍMOS DO CFAP DESCOBRIMOS, QUE A PRATICA É MUITO DIFERENTE DA TEORIA, TENDO EM VISTA QUE SEM RECURSO, SEM PODER, SEM APOIO DOS OUTROS ÓRGÃOS, E ATÉ DA PRÓPRIA PM, EXEMPLO DISSO, ESTÁ NO PRÓPRIO VÍDEO, QUE MOSTRA QUE FIZERAM CONTATO COM A MAJOR, E A MESMA NÃO FOI E NEM SE QUER, ENVIOU APOIO DE UM OFICIAL PARA OS AUXILIAREM, EM FIM, SÓ DEUS POR ELES.

    ResponderExcluir