sexta-feira, 20 de junho de 2014

POLICIAL MILITAR PROCESSA ESTUDANTE POR XINGAMENTO VIA FACEBOOK

Roberta Trindade

PM também vai processar civilmente o jovem por danos morais

 Após ser xingado e ofendido através do Facebook, um policial militar procurou a delegacia e registrou queixa de desacato. Visto como exemplo pela maioria das pessoas após dar voz de prisão a um homem que lhe ofereceu dinheiro em troca de sua liberdade ao ser flagrado com um carro roubado, o soldado Thiago Costa, 27 anos, foi surpreendido por uma reação inusitada: um jovem publicou ofensas contra o PM em sua página na rede social. Além de xingar o policial, tentou justificar o fato do preso estar com um veículo roubado, dizendo que “o senhor de 71 anos mora no morro do Andaraí, é pobre, e comprou um carro roubado porque era mais barato”.O policial foi até a 20ª DP (Vila Isabel), onde foi feito o registro de ocorrência contra Thiago Tomazine, na última quarta-feira. O PM também vai processar civilmente o jovem, por danos morais. A metade do valor estipulado pelo juiz será doado a uma instituição de caridade relacionada ao tratamento a dependentes químicos.
A postagem foi feita no dia 10 de junho – dois dias após a prisão do português Luiz Maria Garcia Rodrigues, 71 anos, no Morro do Andaraí, no bairro de mesmo nome, na Zona Norte do Rio. Identificado como Thiago Tomazine Teixeira, 21 anos, o jovem foi detido por agentes da operação Lapa Presente, no último dia 12, ao ser surpreendido com maconha, e liberado em seguida.


“Ou está errado ou está errado. Não sabia que tinha limite de idade para ser preso. A gente tem que estar preparado e acostumado a ouvir certas coisas, mas fiquei surpreso com essa reação”, lamentou o PM, que está há quatro anos e meio na corporação e atualmente é lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Andaraí.
O comandante da unidade, capitão Giancarlo Sanches, deu apoio à atitude do soldado. "Aqui na UPP Andaraí coloquei um policial graduando em Direito, no último período, para fazer um núcleo de prática jurídica na comunidade e, de quebra, ele serve como um assessor jurídico para os demais agentes. Foi esse policial que viu toda a situação da repercussão da atitude do soldado Thiago Costa na internet e o orientou a registrar a ocorrência na delegacia. Não podemos admitir que um agente que faz bem o seu trabalho e leva sua dignidade como bem maior seja denegrido, gratuitamente, pelas redes sociais. A população tem o direito de expressar sua opinião, mas com argumentos e sem agressões verbais", enfatizou o oficial.
O ator, apresentador e estudante Thiago Tomazine disse acreditar que tenha ocorrido algum mal entendido.
”Em momento algum cometi desacato. Eu não fui contra a atitude do policial de prender o senhor que comprou um carro roubado e nem contra o processo por tentativa de suborno. Fui contra a atitude do policial de ter filmado o procedimento e postado na Internet. Essa não é a função do policial militar. Já que ele filmou a prova do crime, deveria ter levado ao delegado para anexar ao inquérito, não postar no Youtube. Imagina se todos os policiais jogassem suas operações no Youtube?”, questionou.
Entenda o caso
No último dia 8 de junho, PMs da UPP do Andaraí desconfiaram de uma Hyundai HB 20 branca que circulava pela Rua Santo Estevão. Durante a abordagem do veículo e checagem dos documentos, os policiais descobriram que o número do chassi não conferia com o da placa. Eles descobriram que o automóvel havia sido roubado na área da 35ª DP (Campo Grande) e o condutor, o português Luiz Maria Garcia Rodrigues, 71 anos, confessou que tinha comprado o carro – avaliado em cerca de R$ 35 mil – por R$ 10 mil. No caminho para a delegacia, ele ofereceu R$ 500 para o soldado e acabou autuado por receptação e corrupção ativa na 19ª DP (Tijuca).

13 comentários:

  1. Se todo policial militar agisse assim, o cidadão comum pensaria dez vezes antes de fazer a respeito da polícia e "do polícia", um comentário leviano nas redes sociais, bem como a imprensa, de publicar manchetes tendenciosas em seu sites. Peço encarecidamente aos colegas, que não ofendam o mancebo, pois assim não daremos à ele a mesma "munição" que ele deu ao policial, e que o mesmo usou para processá-lo.

    ResponderExcluir
  2. Engraçado isso. Esse apresentador só pode estar de brincadeira! O PM agiu corretamente, tem que prender e colocar na internet para ver o que acontece com cidadão que não cumpre a lei.

    Quando o PM age errado, acham que tem que postar na internet, quando o contrário acontece não pode!?

    ResponderExcluir
  3. E isso ai. Ppmm tem que aprender a ser agente da lei e prender todo tipo de marginal... seja de qualquer idade ou de qualquer profissao.... todos estao passiveis de responder perante a lei...nao tem essa nao .. vlw Soldado.. vlw Capitao... mike tem q empurar tudao na pizadA marginal...

    ResponderExcluir
  4. Eu também fui contra ele ter filmado e ter postado no vídeo. Será que eles quis demonstrar como ele e honesto? Não precisa disso e nem expor terceiro. Mas eu não saio xingando ninguém por ai via face.

    Que se multiplicam PMs com graduação em dDreito. Soma-se o útil ao agradável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado outro dia um "Cidadão" encaminhou para a Rede Record um Sgt PM que estava parado com uma viatura em uma suposta ciclo via ao redor do Maracanã. Parecia uma franga. Postar isso pode, é contra a PMERJ. TEM QUE FILMAR GERAL COM PÓ, COM MACONHA, ESTACIONADO IRREGULARMENTE, COM DOCUMENTO VENCIDO, OFERECENDO DINHEIRO. PRA ACORDAREM E TEREM A CERTEZA QUE A SOCIEDADE CARIOCA É PODRE E HIPOCRITA.

      Excluir
  5. Acho perigoso expor o nome do cara. Tem uns PMs de cabeça fraca que podem fazer covardia com ele. O dono de um blog, alias o blog fechou, expos o nome de um artista global e parece que esta se dando mal. (FABIO PORCHAT).

    ResponderExcluir
  6. É isso aí policial,ferro no rabo desse otário........

    ResponderExcluir
  7. 22:18, não foi o pm que filmou, as novas vtrs já vem instaladas com câmeras!

    ResponderExcluir
  8. É tanto policiólogo....

    ResponderExcluir
  9. O CARA DIZ QUE O POLICIAL PODIA FAZER VISTA GROSSA E DEIXAR O CARRO EM QUALQUER LUGAR DO MORRO , E LEVAR EM CONSIDERAÇÃO A IDADE DELE , POIS NENHUM MARGINAL DIANTE DA CIRCUNSTANCIA OFERECERIA 500 REAIS AO POLICIAL , OLHA ONDE CHEGOU O RACIOCINIO DESSA ESCÓRIA DA SOCIEDADE !!!!!! , VOU MORRER E AINDA NÃO VOU VER TUDO !!!!!, ......

    ResponderExcluir
  10. Tem que filmar essa sociedade podre e hipócrita. Para cairem na real. A sociedade carioca é podre. São viciados, estelionatários, cambadas de idiotas. Assim, como na Favela 1% é marginal e 99% são pessoas de bem. No asfalto é o contrário. Todo mundo fazendo merda e querendo pagar de bonzinho. Tenho nojo.

    ResponderExcluir
  11. Está certíssimo o policial registrar queixa contra esse cidadão. As pessoas tem que ter mais cuidado ao expor suas opiniões, principalmente quando são alvos de grosseria. Tomara que a justiça obrigue a esse cidadão a pagar alguma coisa, da próxima vez ele pensará antes de falar besteira.

    ResponderExcluir
  12. Ta com medo playboy de ser filmado em uma ação da pm e nao conseguir aparecer como pobre coitado no qual vcs sempre aparecem.

    ResponderExcluir