segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Madrugada violenta na Região dos Lagos


Três fuzis, pistolas e drogas foram apreendidos com traficantes (Foto: Eduander Silva/Arquivo pessoal)

O Batalhão de Choque da Polícia Militar do Rio de Janeiro está em Cabo Frio após quatro ataques atingirem caixas eletrônicos e veículos na cidade desde a madrugada de domingo (26). A chegada do reforço de 40 policiais foi confirmada pelo comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Ruy França, nesta segunda-feira (27). Por medo da violência, o transporte público está totalmente suspenso nas cidades de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios e São Pedro da Aldeia. Já nas cidades de Araruama, Iguaba Grande e Saquarema, os ônibus circulam parcialmente. Por conta do problema, aulas foram suspensas em 69 escolas municipais de Cabo Frio e nos distritos de Arraial do Cabo. Em Cabo Frio, os postos de saúde nos bairros Guarani, Nautillus, Vila do Sol e Manoel Corrêa estão fechados.




De acordo com a PM, os ataques começaram como retaliação após a morte de quatro traficantes em um confronto com a polícia na madrugada de domingo (26). De acordo com o comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Ruy França, uma denúncia anônima informou que um baile funk estava acontecendo na Favela do Lixo. Homens estariam armados com fuzis e coletes balísticos. Ainda segundo a denúncia, várias pessoas estavam consumindo drogas no local.
Após a informação, o comando da PM decidiu montar uma operação. Cerca de 20 policiais foram em direção à comunidade. O comandante informou ainda que assim que chegaram, traficantes os receberam com vários tiros. A polícia revidou e começou uma intensa troca de tiros. Quatro traficantes foram mortos, sendo um deles considerado como chefe do tráfico de drogas no local. Foram apreendidos três fuzis, duas pistolas, um colete balístico, carregadores de fuzil e pistola, cápsulas de cocaína, um rádio transmissor e diversos celulares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário