terça-feira, 14 de outubro de 2014

OPERAÇÃO HERODES : Bombeiro, policiais civis e militares foram presos

A polícia faz operação para desarticular uma quadrilha que realizava abortos no Rio de Janeiro. Ao todo, são 75 mandados de prisão e 118 mandados de busca e apreensão contra integrantes da organização apontada como a principal responsável pela prática de abortos no estado. Segundo a Corregedoria da Polícia Civil no Rio de Janeiro, há registros de que a quadrilha desmantelada nesta terça-feira (14) realizava abortos em meninas de 13 anos de idade.
Entre os detidos na operação Herodes estão seis médicos, seis policiais civis, três policiais militares, um bombeiro, dois advogados e um sargento do Exército.
Veja a lista dos presos:
- Alexandre Vieira de Lima (policial civil)
- Cláudio Brandão Rodrigues (policial civil)
- Edilson dos Santos (policial civil)
- Sheila da Silva Pires (policial civil)
-  Walmir Alves Da Silva (policial civil)
- Francisco de Paula V. da Silva (policial civil)
- Letícia Queroz Xavier (militar do Corpo de Bombeiros)
- Paulo Roberto Nigri (PM)
- Armando Santos Marques (PM)
- Walter Apis Modesto (PM)

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/10/quadrilha-presa-fazia-aborto-em-meninas-de-13-anos-diz-policia-do-rio.html

5 comentários:

  1. Parabéns a todos os policiais HONESTOS como eu, que trabalham duro, passam pouco tempo no seio familiar, vivem cansados e com pouco dinheiro, que deitam e dormem tranquilamente todas as noites sem medo de serem algemados e presos na frente da família, que mesmo em meio a tanta sujeira não perderam sua dignidade e não venderam sua honra. Se vc joga no time dos HONESTOS repasse essa mensagem.

    VIVA AOS HONESTOS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viva,companheiro

      Excluir
    2. Muito bom... Eu coloco a honestidade acima de tudo! Por exemplo, eu respeito muito mais um soldado honesto do que um coronel corrupto. O exemplo de boa conduta deveria vir de cima, mas infelizmente não é o que estamos vendo ultimamente! Paulo Roberto Nigri é Major da Polícia Militar (RG 56.127), lotado no 19º BPM. Como oficial superior, ele deveria dar bons exemplos à tropa, mas foi preso na operação contra clínicas de aborto!

      Excluir
  2. Parabéns,eu também faço parte e damos GRAÇAS AO GRANDE DEUS pois, podemos observar,que os desonesto estão pagando altos preços pela safadeza que cometem!

    ResponderExcluir
  3. EXATAMENTE COMO OS COMPANHEIROS ACIMA EXPUSERAM, UMA HORA A CONTA CHEGA, NÃO HÁ UM FIO DE CABELO QUE CAIA SEM A PERMISSÃO DE DEUS, O QUE SE FAZ AQUI SE PAGA....DE QUE ADIANTA VIVER VIDA DE LUXO COM DINHEIRO OBTIDO ILEGALMENTE SE UMA HORA A CASA CAI...PREFIRO SER UM HONESTO CHAMADO DE OTÁRIO DO QUE UM HERÓI CHAMADO DE LADRÃO...DEUS DÁ A VITÓRIA A QUEM BATALHA HONESTAMENTE. É SÓ TER PACIÊNCIA.

    ResponderExcluir