quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Pistolas desaparecem do Batalhão de Choque


A Polícia Militar está tentando localizar pistolas que desapareceram do Batalhão de Choque, na Cidade Nova, na Região Central do Rio de Janeiro. O sumiço das armas foi constatado por volta das 6h da manhã desta quarta-feira (29). Na ocasião, foi observado que a Reserva de armamento do Centro de Manutenção de Materiais estava aberta. Segundo a PM, foi verificada a falta de pistolas ponto 40. A área foi isolada, a equipe que estava de serviço permanece presa administrativamente e está sendo ouvida. A perícia está em andamento e todo o material está sendo contabilizado. Uma equipe do Centro de Criminalística da Polícia Militar e da 1ª Delegacia de Polícia Militar Judiciária estão no local para identificar a autoria e localizar o armamento.

10 comentários:

  1. Isso poderia ser evitado acautelando as pistolas 840 que foi adquiridas para isso. Infelizmente as pistolas estão aí e até hoje permanece a ultrapassada forma de pegar arma e devolver após o serviço!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Estas pistolas poderiam estar acauteladas por cada policial, e isto não teria acontecido.

    ResponderExcluir
  4. Mais um passo dado a caminho do fim da PMERJ, que já não esta longe...Parabéns aos nossos seletos oficiais!!!

    ResponderExcluir
  5. A responsabilidade é do chefe do material bélico e do armeiro, manda para o presidio ate que armamento seja encontrado, lugar de bandido é no melhor presídio do Brasil ... PEDRINHAS!

    ResponderExcluir
  6. MESMO SENDO REPETITIVO, NÃO POSSO DEIXAR DE COMENTAR, ISSO SÓ ESTÁ ACONTECENDO, POQUE O GOVERNO ATÉ HOJE NÃO ACAUTELOU AS PISTOLAS, QUE PROMETEU AOS PMs, E ISSO IMPLICA EM EXCESSO DE RESPONSABILIDADE PARA QUEM TRABALHA NA RESERVA DE ARMAMENTOS DOS BATALHÕES, E EM SUCATEAMENTO DO MATERIAL BÉLICO, O QUE PODERIA SER EVITADO E TAMBÉM PODERIAM ACAUTELAR OS COLETES, QUE ACABAM SENDO UM VETOR DE DOENÇAS DE PELE E OUTROS, ESPERO QUE ISSO SEJA VISTO PELO NOVO GOVERNADOR.

    ResponderExcluir
  7. Armamento de porte, ou seja, Pistola deveriam estar acautelada justamente para evitar casos como esse. O policial militar ao passar pelo centro de formação deveria receber um kit, como por exemplo arma de porte e mais colete balistico, sprey de pimenta e algema. Nas chamadas reservas de armamento deveria estar apenas os armamentos coletivos, ou seja, Fuzil, metralhadora, espingarda Cal 12, munição e granada.

    ResponderExcluir
  8. Se fuçar tem mais coisas...quem e sabe!!!!!não e verdade....motores, peças....pessoalzinho lá responsável pelo leilão de viaturas....

    ResponderExcluir
  9. AINDA GANHA GRATIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO, ESSA PMERJ É UMA PIADA. SUSSUQUINHA ESTAVA PRESO NO CHOQUE, E SAIU PELA PORTA DA FRENTE SEM NINGUÉM VER. OS CRITÉRIOS PARA GRATIFICAR CERTAS CLASSES POLICIAIS SÃO OBSCUROS, SOMENTE OS " AMIGUINHOS" DO CMT GERAL SÃO AGRACIADOS. UM EXEMPLO FOI A PREMIAÇÃO DO BPVE, QUE COPIOU O BRAÇAL E O LOGOTIPO QUE NO BPRV JA EXISTE A VARIOS ANOS, O BPVE FOI PREMIADO COMO AUTOR DESTA CRIAÇÃO. FICA A VELHA FRASE: PARA OS AMIGOS TUDO, E PARA OS INIMIGOS TODO RIGOR DA LEI. INFELIZMENTE É ESSA POLICIA QUE NÓS TEMOS.

    ResponderExcluir
  10. boa noite !! Sou do Choque e com minha humilde ignorância vou tentar explicar: o Batalhão de Choque se localiza dentro de Regimento Caetano de Faria, assim como outras unidades, tais como: CPROEIS, CIA MUS., GSAR, UPP's, e o CMM dentre outros.
    Dentre todas as unidades que se localizam no regimento, existem algumas RUMB's (Reserva Única de Material Bélico), são elas: BPCHOQUE, BPGE, UPP's (TURANO, FALLET FOGUETEIRO), entre outras, e o CMM, no qual cada uma dessas unidades possuem sua referida carga de material bélico.
    As armas que foram roubadas são do CMM, o fato aconteceu no CMM, não no BPCHQ; caso eu tenha conseguido me expressar dentro do entendimento de cada um, favor não dizer mais que as armas foram roubadas no Choque.
    Tentando explicar algo mais, o fato de não cautelar arma a todos, nada tem haver com o roubo, pois mesmo com cautela, a unidade ainda terá que possuir sua carga de pronto emprego, outro fator a respeito de cautela é que o índice de procedimentos abertos de armas cauteladas é bem maior que que armas que se encontram dentro da RUMB.
    Não esto dizendo que não se deve cautelar arma, acho que todo policial deve possuir a sua, porém não posso deixar que o fato recaia na unidade que nada teve com o fato, nem dizer que as armas sumiram pq não efetuaram a cautela...

    ResponderExcluir