sábado, 13 de dezembro de 2014

Dois PMs mortos por criminosos em menos de 24 horas

O soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista Méier, Adelson da Conceição Junior, de 32 anos, foi morto com um tiro na cabeça, na noite desta quinta-feira, no Centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A esposa dele, Patricia Moraes do Nascimento, que está grávida, foi baleada no ombro. O casal saía da festa de aniversário de 6 anos da filha, que nada sofreu. Um dos suspeitos também foi baleado e o outro foi apreendido. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). 
Segundo informações do 20º BPM (Mesquita), o PM, a esposa e a filha haviam deixado um parque de diversões e passavam de carro pela Avenida Governador Portela, por volta das 22h, quando foram rendidos por quatro homens em duas motos, que teriam anunciado um assalto. Adelson reagiu e trocou tiros com os suspeitos. O policial ainda foi levado para o Hospital da Posse, mas não resistiu ao ferimento.


O outro policial militar foi baleado no final da tarde desta sexta-feira, em Olaria, Zona Norte. O soldado Ari Rodrigues Pestana Junior foi assassinado na esquina das ruas Ibiapina e Eça de Queirós. O policial era lotado no 41º BPM (Irajá) e, segundo informações, estava de folga e perto de casa, quando foi atingido.

10 comentários:

  1. Acabou o amor! Eu de serviço ou de folga, se tiver como MATAR um VAGABUNDO assim o farei, prender pra que?! O ódio já esta consumindo!

    ResponderExcluir
  2. OS BOMBEIROS JÁ RECEBERAM SEUS CARTÕES GREEN CARD NO VALOR DE R$120,00 E A PMERDA NÃO VAI RECEBER NADA.VOTARAM NO CACHACEIRO,AGORA ATUREM ISSO

    ResponderExcluir
  3. O GOVERNO TRANSFORMOU A PMERJ NO PIOR LUGAR DO FUNCIONALISMO PÚBLICO P/ SE TRABALHAR

    ResponderExcluir
  4. Alguem ja transmitiu essa noticia para o secretario beltrame como diz o governador e ao proprio governador? E ao cmte geral?

    ResponderExcluir
  5. Enquanto estivermos de mãos atadas esta carnificina vai continuar,deixem os policias trabalharem,basta de direitos humano , já estamos de saco cheio.

    ResponderExcluir
  6. Mais dois pais de familia assassinados mais duas familias chorando seus entes. Vamos parar de ipoclisia ,deixe a gente trabalhar.

    ResponderExcluir
  7. Certo dia um companheiro comparou o policial militar com uma prostituta, fiquei indignado e chateado, porém após uma breve reflexão percebi que ele estava ERRADO, as prostitutas após o serviço e estarem fudidas, pelo menos recebem alguma recompensa por isso, já nós policiais militares nem isso, nem dignidade podemos mais almejar, vivemos endividados, longe da família, nossos filhos nos têm como meros conhecidos pois nos momentos em que todos têm os pais junto o deles está sempre trabalhando, e de graça, pensem irmãos, está previsto o concurso para GARIS, pelo menos o lixo que eles riram das ruas não voltam mais e quando pediram aumento e benefícios conseguiram em 3 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peça baixa, estude, vc não sabia que era assim?

      Excluir
  8. O inoperante 20° BPM têm culpa na morte deste policial de Nova Iguaçu, tragédia anunciada,os marginais estão avontade no outro lado do viaduto (na comunidade próxima ao local deste ataque) roubando vários veículos esculachando os moradores.E o 20° nada.É só procurar que vão achar.

    ResponderExcluir
  9. Façam inscrição quando abrir concurso para gari, será um forma de protesto!

    ResponderExcluir