quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Fuzil importado registrado em nome de coronel da PM estava na mão de traficantes da Serrinha, em Madureira


Um fuzil, registrado no nome do coronel da PM Fernando Príncipe Martins, foi apreendido durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) dentro da favela da Serrinha, em Madureira. A descoberta é o resultado de uma investigação interna da PM, publicada no boletim reservado da corporação da última terça-feira. A operação que terminou com a apreensão do fuzil aconteceu em fevereiro de 2013. Segundo o resultado da portaria 0861/2538/2013, da Corregedoria da corporação, “ficou comprovado a conduta irregular” do oficial, ex-comandante do Bope e, atualmente, lotado na Diretoria Geral de Pessoal (DGP), a “geladeira da PM”. 
A decisão determina que o oficial produza um documento de razões de defesa (DRD) para justificar o motivo de não ter observado “o fiel cumprimento das formalidades estabelecidas nas normas em vigor para o registro, transferência, posse de arma de fogo, ensejando o extravio de um fuzil importado HK, calibre 7,62mm”. De acordo com a PM, a investigação criminal está a cargo da Polícia Civil. 
A informação de que o fuzil pertencia ao coronel partiu de uma documentação enviada pelo Exército à PM. “Após pesquisas realizadas no Sistema de Gerenciamento de Armas (SIGMA), contatou-se que o fuzil HK está registrado no nome de Fernando Príncipe Martins”, afirma o texto da sindicância. 
Ouvido no procedimento, Príncipe afirmou que é colecionador, mas “cedeu informalmente as armas que imaginava estarem irregulares para o extinto capitão PM Alexandre Sarmento da Silva”. Ele ainda disse que “não sabia o paradeiro das armas e nem se o extinto capitão havia realizado algum tipo de registro ou comunicação da cessão das armas nos órgãos competentes”. 
O coronel Príncipe afirmou que “não tinha tempo para falar sobre o assunto”. Segundo o texto da sindicância, o caso “coloca em descrédito o bom nome da corporação junto aos demais órgãos e a sociedade”. 
No mesmo boletim reservado, o comando da PM decidiu que não há indícios de crime por parte do coronel Dayzer Corpas Maciel, ex-comandante do 17º BPM (Ilha), que era investigado em outro procedimento por pagamento de propina a traficantes. Corpas atualmente está preso acusado de aceitar propina do tráfico.

24 comentários:

  1. Tá explicado o porquê da quantidade de policiais mortos em serviço e fora dele. A PM tá CHEIA DE OFICIAL BANDIDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De praça bandido também,não sejamos hipócritas.........

      Excluir
  2. Se fosse uma praça...Esse oficial tem um monte de políticos nas mãos dele, será que a lei será cumprida? quem ai acredita? kkkkkkkkkkkkkkk NUNCA SERÁ!! JAMAIS SERÁ!!!

    ResponderExcluir
  3. E mais um caso de "rabo" preso, imagine se condenassem esse oficial? Duvido que ele iria sozinho, ia dedurar todos, e não seriam poucos heim... NOJENTO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. NESSE PAÍS A RAPOSA TOMA CONTA DO GALINHEIRO, OS BANDIDOS MANDAM NA POLÍCIA, E OS RATOS OCUPAM O PARLAMENTO.

    ResponderExcluir
  5. CORPORATIVISMO!!! APRENDAM PRAÇAS. TOMEM VERGONHA NA CARA!!!

    ResponderExcluir
  6. A PMERJ É DELES ! ! !10 de dezembro de 2014 10:34

    ENQUANTO AS "INVESTIGAÇÕES" CONTINUAREM SENDO REALIZADAS PELOS PRÓPRIOS OFICIAIS DA PMERJ, AS CONCLUSÕES SERÃO SEMPRE DESSE TIPO, OU SEJA, OS OFICIAIS "INVESTIGADOS" SERÃO SEMPRE JUSTIFICADOS AO FIM DOS PROCEDIMENTOS.
    NÃO ADIANTA, POIS O CORPORATIVISMO ENTRE AS ESTRELAS EXCEDE TODA E QUALQUER LINHA DE HONESTIDADE, DE VERGONHA, E AINDA ACABAM COMPACTUANDO E ESTIMULANDO A IMPUNIDADE PARA O COMETIMENTO DE DIVERSOS TIPOS DE CRIME.
    ESSA É A NOSSA PMERJ!

    ResponderExcluir
  7. COMO SEMPRE,NADA É SÉRIO NA PMERJ...

    ResponderExcluir
  8. isso nao e principe i um sapo...kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. "Jente onde o Brasil vai parar "

    ResponderExcluir
  10. DE ONDE VEIO ESSE, DEVE TER MUITO MAIS.

    ResponderExcluir
  11. Tinha que mandar essa peste para o paredão de fuzilamento! TRAIU A PÁTRIA AMADA!!!

    ResponderExcluir
  12. COMO ESSE FUZIL CAIU NAS MÃO DESSES MARGINAIS? ISSO TEM QUE SER INVESTIGADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO, SE NÃO, JÁ SABEMOS O RESULTADO, SERÁ INOCENTADO POR FALTA DE PRÓVAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não interessa como, pois o VAGABUNDO DO CORONEL, deu uma explicação fajuta, de da a ARMA PRO COLEGUINHA, como se ele pode-se passar por cima da legislação, VAGABUNDO ASSASSINO

      Excluir
  13. ___________________TEM QUER PRENDER E EXPULSAR ESSE KALHORDA FANTASIADO DE POLICIA NUNCA VALEU NADA NEM O O PRATO QUER COME E UM GRANDE ENROLAO ESTAR CHEIO DE PROCESSO NO TRT.......ELE EMBUSTEIRO E 7.........O GALO CEGO .....FORA DA PMERJ JA ...XO XOO XOO.....

    ResponderExcluir
  14. Boto no rabo do morto, porque morto, não fala,o MP tem que investigar,pois nunca os oficiais são responsabilizados criminalmente,pois são julgados,por eles mesmo,o correto ele ir para o presidio de Pedrinhas e ser expulso da Bicentenária Instituição!

    ResponderExcluir
  15. príncipe logo de imediato colocou a culpa em um capitão morto, pensou bem!

    ResponderExcluir
  16. Mesmo colocando na conta do morto ele não observou os transmites legais para transferência de armas, talvez nem consigua provar que realmente transferiu a arma mesma de maneira informal. Ou seja, a punição nesse caso deveria ser mais do que certa.

    ResponderExcluir
  17. Art. 16. Possuir, deter, portar, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob sua guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição de uso proibido ou restrito, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar:
    Pena - reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa.

    ResponderExcluir
  18. BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ

    ResponderExcluir
  19. dois pesos uma medida ,se fosse praça já estaria preso e logo excluído.

    ResponderExcluir
  20. -FUZIL NA MÃO DE TRAFICANTES?
    -Hummmm
    -ESTE CEL NÃO É O MESMO QUE FOI PARADO NA "LEI SECA"E FUGIU ABORDO DE UM PORCHE ZERO AMARELO???
    -AINDA POR CIMA "FEZ SEGURO DE CÚ"!
    -JOGOU "NA CONTA"DE UM CAPITÃO FALECIDO!
    -HÁ SE FOSSE PRAÇA!!
    -SERIA FUZILADO EM PRAÇA PUBLICA PELO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA "POLICIAL FEDERAL QUE PASSOU NO CONCURSO "PELA JANELA"!!!kkkkk
    -É POR ESSAS E OUTRAS QUE QRO Q SE FODA!!!

    ResponderExcluir