quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO DEPUTADO FEDERAL CABO DACIOLO



NOTA DACIOLO
Apesar do propósito do meu mandato ser colocar luz e mobilizar atenções em reivindicações importantes para trabalhadores e o povo do nosso Estado, não reconheci no debate de ontem a nossa pauta prioritária.
Não estou aqui para ser fustigado a falar como querem que eu fale, agir segundo comandos “de outros” interesses políticos. Não sou qualquer militar, sou reflexo de uma tropa que dos quartéis se mobiliza por Direitos, Dignidade, Democracia, Soberania, Respeito e Justiça.
Para mim, o prioritário são as condições de vida do povo pobre do nosso país; são os direitos e a dignidade dos trabalhadores, das Forças Armadas, dos Bombeiros, da PMERJ, da saúde e da nossa juventude.
Parte expressiva da população foi às ruas em 2013 reivindicando transporte de qualidade, saúde, educação, segurança, trabalho e moradia; essa é a pauta sobre a qual o mandato do Cabo Daciolo se debruçará nos próximos quatro anos.
Existem muitos debates importantes na sociedade, infelizmente não posso priorizar todos e felizmente temos outras pessoas e parlamentares que o farão.
Me reservo o direito de não trazer para minha ação política o debate que hoje mobiliza setores do meu partido, o PSOL e o Deputado Jair Bolsonaro.
Deixo claro que apoio integralmente o PSOL quando se mobiliza a defender a dignidade e os direitos das mulheres e me coloco contra toda e qualquer visão machista que desrespeite e confronte estes direitos. Nesse sentido, me separo de qualquer ação no parlamento nesta direção. Sou um homem, sou um esposo, um pai e um militar com outras convicções.
No entanto, não fui chamado pelo Psol e por nenhum outro setor a debater e preparar campanha pela cassação do mandato do Deputado Bolsonaro.
Se isso tivesse ocorrido, mesmo achando as posições deste erradas, não concordaria. Acho a tática equivocada, inclusive eleitoreira.
Repetidas vezes o deputado já foi acionado por motivos semelhantes e já sabemos como o Parlamento respondeu. Serviu unicamente para mobilizar e radicalizar em discursos de ódio a base social militar contra a da classe média e da juventude que hoje seguem o Psol.
Sou um homem cristão, quero falar de Amor, de Paz, de Solidariedade, de fraternidade. Não estou aqui para ser usado em discursos de ódio; por mais que muitas vezes precisemos buscar forças para não odiar as pessoas que debocham das necessidades do povo e usam para manter de forma medíocre seus postos no Parlamento.
Mesmo assim, me esforço para respeitar a quem acha ser esta a melhor pauta e melhor ação política. Mas para mim, exploração, opressão, machismo, racismo e preconceito são combatidos com as mudanças estruturais e não democráticas se subvertam à subjetividade moral e ética das pessoas.
Me reservo o direito de escolher as prioridades sobre as quais trabalhar.
Ontem, durante o acalorado debate estava em Brasília, na Secretaria Nacional de Segurança Pública, junto com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Pauta: Providências concretas para estancar a epidemia de mortes de PMs no Rio de Janeiro e a escala de serviço escorchantes desses trabalhadores.
Dia 22/12 traremos ao Rio os secretários dessas pastas para juntos, buscarmos o Governo do Rio de Janeiro e exigirmos providências urgentes para esses ataques aos trabalhadores da Polícia Militar. Já iniciei esse debate com o Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão.
Sentei com o Governo Dilma, em Brasília, com o governo do Rio e continuarei buscando interlocução e negociação para resolver os problemas do povo. Não tenho medo de “contágio”, já provei em minhas lutas e pelos dias que passei nos cárceres de Segurança Máxima deste Estado que não estou à venda e não negocio princípios.
Convido a todos os envolvidos no debate de ontem, partidos, parlamentares, mobilizadores de redes sociais, imprensa a girarmos nossos “canhões” para o alvo que possa abrir possibilidades para termos a Segurança Pública verdadeiramente empenhada com os interesses do povo do Rio de Janeiro e não reprimindo e criminalizando seus direitos mais básicos.
Isso é tudo que tenho a acrescentar neste debate.
Deus está no Controle
Juntos Somos Fortes

Deputado Federal
Cabo Daciolo

17 comentários:

  1. JOGUEI O MEU VOTO FORA, MAL ASSUMIU E JÁ DECEPCIONOU A TROPA, SE JUNTANDO AOS QUE TENTAM DESTRUIR UM DOS ÚNICOS QUE NÃO SE RENDE E QUE DEFENDE OS MILITARES A TODO CUSTO, UM DOS POUCOS QUE TEM CORAGEM DE BATER DE FRENTE COM ESSA CORJA, E INFELIZMENTE. VEJO QUE MEU VOTO, SERVIO DE MUNIÇÃO CONTRA QUEM NOS DEFENDE.

    ResponderExcluir
  2. SÓ PODIA SER BOMBEIRO, É UMA RAÇA DE DUAS CARAS, JÁ NÃO BASTAVA O MARCIO GARCIA TER VINDO COMO VICE DO SAFADO DO GAROTINHO, AGORA ESSE DACIOLO SE JUNTA COM ESSA CORJA DE SAFADOS, QUE SÓ DEFENDEM OS BANDIDOS, E OS SEUS PRÓPRIOS INTERECES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro aprenda a escrever direito,aproveite para corrigir seus erros fotográficos,e interesse se escreve desse jeito.

      Excluir
    2. Engraçado você falar!!! Deve ser algum puxa saco do Sérgio Cabral capacho do Pezão pra ta falando isso recebeu aumento, interstício , GRATIFICAÇÕES porque??? Responda ai o desunido , não tem disposição pra botar a cara em uma manifestação e fica falando mal de quem colocou, falar mal e mole quero ver ter saco pra ir pra rua fazer greve e invadir QG NÃO fique puxando saco a vida inteira pra conseguir algo vamos juntar forças pra lutar por uma vida melhor valeu!!!! só podia ser BOMBEIRO!!!

      Excluir
    3. Acho que isso é ideia de PM com dor de cotovelo, Pm que não passou na prova de bombeiro

      Excluir
  3. Cristão em partido comunista?defender o policial militar no partido dos direitos humanos? O deputado está meio perdido.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Daciolo, que Deus ilumine sempre e, não deixa que esses trálhas consiga te corromper, porque eles tentaram.

    ResponderExcluir
  5. hahahahahaha EU FALEI!
    Bombeiro Light...véi para dar a Luz...ops Wagner Moura como GV tb sonhou com isso! hahahahaha ...Ô raça!
    Pra quem votou....Bem feito, acabaram de criar mais um parasita duas caras em Brasília!

    ResponderExcluir
  6. Se continuar assim vai acabar esquecendo os nossos interesses e vai defender bandido junto com o PSOL e Direito dos Manos.

    ResponderExcluir
  7. deputado Daciolo votei em voce e espero sinceramente não me arrepender fiz campanha pra voce arrumei sem duvidas 22 votos pra voce por favor sai de perto destes filhos do demonio destes que defendem os gays como uma coisa comum sou pm e cristão sai de perto deles se não voce vai se contaminar

    ResponderExcluir
  8. É TODO HOMEM TEM SEU PREÇO! SÓ TRALHA NA FOTOGRAFIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos que usam e estão usando sua imagens para se alto promover,tenham certeza,independente de partidos,a verdade virá a tona,quem está mentindo:Daciolo ou Márcio Garcia?O que se deu nos bastidores,só eles e os que estavam presentes naquele grupinho fechado é que sabem,então esperamos que fique como aprendizado,que grupinhos não levam a nada.E sim olharem suas próprias necessidades e esquecendo da luta por dignidade da Tropa.A casa há de cair,pois não há nada que seja escondido que um dia não venha a ser revelado,pois Deus existe,independente de Religião.

      Excluir
  9. Nós militares estaduais ,forças armadas e a sociedade civil honesta e ordeira ,sabemos o que esses comunistas do pt,PSOL,PC do b e outros querem fazer do Brasil. distruir tudo! O Daciolo escolha um lado , mesmo que seja ao lado desses terroristas . o seu comportamento é lamentável pois você era a nossa esperança.

    ResponderExcluir
  10. DACILO SAIR DESSE PARTIDO PSOL .ELES ODEIA ENVAGELICO, CATOLICO,PMS,BMS.
    PSOL SO DEFENTE BANDIDO E GAY.
    JESUS CRISTO ESTEJA SEMPRE EM SEU CAMINHO.

    ResponderExcluir
  11. DACIOLO, ALÉM DE ESCALAS DE SERVIÇO ESCRAVIZANTES ENTRE NA QUESTÃO SALARIAL QUE ESTÁ SOFRÍVEL COM A INFLAÇÃO E ALTOS IMPOSTOS ENGOLINDO NOSSOS SALÁRIOS, SE POSSÍVEL COM UMA DIMINUIÇÃO DO TEMPO DE ABSORÇÃO DA GRATIFICAÇÃO DOS 350 REAIS DE 5 PARA 2 ANOS.

    ResponderExcluir
  12. Por tudo o que escreveu o cabo Daciolo deixou claro que não tem identidade com a concepção política e as bandeiras de luta do PSOL, alguns de seus eleitores que aqui se manifestaram são vigorosamente contrários a elas. Como ele conseguiu se eleger graças a legenda é dela o mandato, cabe a ele se retirar e que assuma o seu suplente. Ele pode ir para o PP do Bolsonaro e se tornar assessor parlamentar do mesmo e seus filhos até uma nova eleição. Pronto.

    ResponderExcluir
  13. E o pior é que estão conseguindo acabar com o Brasil, afundando os bons costumes e o respeito a família e facilitando para a criminalidade dominar o Estado. Não sei o motivo de conseguir tanta força se a grande maioria do povo discorda desses políticos que defendem criminosos. Está ficando cada vez pior, acorda autoridades brasileiras, o que estão esperando para colocar ordens e parar de dar crédito para essa parcela de políticos delinquentes, depois que a criminalidade tomar os Estados terá que haver uma grande guerra urbana para retomar o controle e isso não está longe de acontecer e só está tomando essa magnitude por causa de políticos que defendem bandidos. Não está fácil para as pessoas de bem sobreviver presas em seus apartamentos e casas gradeadas para fugir da criminalidade. Acorda Brasil!!!

    ResponderExcluir