terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Pezão disse:"Cada vez vamos colocar mais gente na rua e formar mais policiais para combater a criminalidade"

AGÊNCIA BRASIL 


Leia Quero que a sociedade saiba que, da minha parte, cada policial morto representa o aumento do efetivo policial nas ruas.: http://migre.me/nirbI

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, disse ontem (1º) que as investigações sobre os assassinatos de policiais estão perto de levar à prisão de alguns criminosos envolvidos. O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, o comandante da Polícia Militar, Ibis Pereira, e o chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, reuniram-se para discutir ações a serem adotadas após os três homicídios registrados no fim de semana. No ano, mais de 100 policiais foram mortos no estado do Rio. 
Pezão pretende aumentar o número de policiais militares para cerca de 60 mil praças e oficiais. Atualmente, a PM conta com 48 mil policiais. "Cada vez vamos colocar mais gente na rua e formar mais policiais para combater a criminalidade", disse. O governador e a cúpula de segurança pública participaram da cerimônia de formatura de 61 oficiais na Academia de Polícia Militar Dom João VI. 
Na última semana, Pezão reuniu-se com a presidenta Dilma Rousseff e com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Ele pediu auxílio das forças federais. "Temos grandes operações para serem feitas. Algumas precisam de contingentes do Exército. Tanto o ministro quanto a presidenta estão estudando com muito carinho o nosso pedido", disse. 
O comandante da PM pediu que os oficiais não tenham medo, e que a sociedade não veja a segurança pública apenas como um problema de polícia. Ibis Pereira destacou que é preciso ter respeito à vida e à dignidade no combate à criminalidade: "somos policiais. Não somos vingadores e muito menos justiceiros".

16 comentários:

  1. Somos peças de reposição.

    ResponderExcluir
  2. Patético como sempre, a maioria não quis votar no Crivela porque mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem feito tapa na cara sem mão fizeram questão de colocarem esse ganso novamente 4 anos agora não reclamem

      Excluir
    2. Pois é perderam a chance de mudança, muitos não votaram no outro por um comentário que ele fez bem parecido com esse, e agora? agora chora...

      Excluir
  3. Mais um vasilina! Quando o da globo assumir o cmdo, a coisa vai ficar um pouquinho pior para a tropa.

    ResponderExcluir
  4. Colocar mais gente na rua para ser hostilizado, humilhado, e servir como escudo para os bandidos praticarem pontaria com armas modernas e de grosso calibre. Todo dia morre PM ( de sd a cel) e nunca se viu as altas autoridades se manifestarem, bastou morrer um cabo do exercito para assustar as autoridades federais. Quando morre um PM ninguem toma conhecimento, pois é apenas mais um; então chegamos ao fundo do poço. Só tem uma maneira de acabar com esses bandidos; DEIXEM A PM TRABALHAR! tirem as algemas dos policiais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com seu comentario,tem que acabar com os direitos humanos,e deixar nossa poliçada parti pra cima deles

      Excluir
  5. È fácil o governador falar dessa maneira, UMA VIATURA COM 02 POLICIAIS FICAM 12 HORAS, BASEADA EM FRENTE A SUA RESIDÊNCIA, EM PIRAÍ, SEM ÁGUA,SEM BANHEIRO,A SEGURANÇA NO LOCAL É 24 HORAS, MESMO COM A CASA VAZIA. PRÓXIMO AO LOCAL,EXISTE UMA CATINGA DE MERDA E MIJO, POIS NÃO TEM BANHEIRO, É FÁCIL NÉ ... NÃO É O FILHO DELE QUE MORREU !!!

    ResponderExcluir
  6. caros amigos como nada vai mudar e sim pd ate puorar, vou me mudar para minas gerais... qualquer municipio... la vagabundo e bandido morto nao i noticia....adeus...

    ResponderExcluir
  7. um estado governado por um um tal de pezão , é nisso que dá , bagunça geral , a foda toda é que sempre sobra pro mango .

    ResponderExcluir
  8. Aumentar o policiamento com ras compulsorio. Esse ibis parece mais com nome de carro do que d policia.

    ResponderExcluir
  9. NÃO É A SOLUÇÃO, E ELE SABE DISSO, NÃO É QUANTIDADE E SIM QUALIDADE O QUE ESTÁ FALTANDO, DEPENDEMOS DE UM LEGISLATIVO, QUE TRABALHE A NOSSO FAVOR E NÃO A FAVOR DOS BANDIDOS.

    ResponderExcluir
  10. O que está errado é a Pmerj fazer o trabalho da PC, a PM tem que fazer o que é previsto, o policiamento ostensivo, cabe a PC fazer asvinvestigações necessárias e com ordem judicial efetuar as prisões, quem deve prender nas favelas é a PC por ordem judicial, mas sempre há interesses, quem acha que está errado?

    ResponderExcluir
  11. ENGRAÇADO,VOCÊS QUE TRABALHAM EM, PIRAÍ FALAM TODOS OS DIAS QUE O MELHOR CANDIDATO A GOVERNADOR PARA A PM ERA O CACHACEIRO DO PEZÃO,AGORA ESTÃO RECLAMANDO???FAÇAM COMO EU,ANULO MEU VOTO...

    ResponderExcluir
  12. Amigos a solução só virá daqui a quatro anos, chama-se Jair bolsonaro, o único que irá resgatar a dignidade da tropa, vagabundos matam PMS e agora declararam guerra as tropas federais, a carta magna prevê a pena de morte em tempo de guerra somente para militares, pois bem, já está na hora de rever o CP, a sociedade é mutável , o direito também tem dr ser, as leis misericordiosa com marginais já não serve para o fim a que se destina, é notório, estarei em copa com sertesa!!!

    ResponderExcluir
  13. com esse salario que o estado paga ele pode colocar nas ruas só em 2015 mais uns dez mil pms ,quero ver ele pagar um salario digno e uma escala de serviço de acordo com a lei trabalhista...

    ResponderExcluir