quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

PM é baleado em tentativa de assalto em Campo Grande

O soldado Diego da Silva Fonseca, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Kennedy, foi baleado de raspão no braço em uma suposta tentativa de assalto na Estrada do Campinho, na divisa entre Santa Cruz e Campo Grande, Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira. 
De acordo com o Batalhão de Policiamento em Vais Especiais (BPVE), dois homens em uma moto teriam tentado abordar o policial quando ele trafegava sua Fiat Uno vermelha na Estrado do Campinho, por volta das 22:30. 
Mesmo ferido, o soldado conseguiu dirigir até a a Avenida Brasil, onde pediu socorro aos colegas do BPVE. O soldado foi socorrido no Hospital Estadual Pedro II, em Santa Cruz. Ele não corre risco de morrer. Os criminosos fugiram. O caso foi registrado na 36ª DP (Santa Cruz).

2 comentários:

  1. Infelizmente isso vem acontecendo tds os dias...e Deus é grande, pq esse PM é o meu irmão. ..e graças a Ele meu irmão está passando bem ! Mto indignada com essa violência sem tamanho contra os policiais. ..

    ResponderExcluir
  2. Meu nome não importa, mas sei reconhecer a importância e capacidade dos atuais e recentes subtenentes, bem como acho que eles deveriam ser melhor aproveitados, digo isso pois sei que os recentes policiais das UPPs, estão precisando de uma oxigenação, e isso seria bom com um pessoal jovem e de mão de obra qualificada, como os atuais e modernos subtenentes, que em sua maioria têm entre 12 e 13 anos de tempo de serviço. Excelente condições físicas, bem escolarizados, cheio de vigor fisico e querendo mostrar serviço. Os batalhões estão lotados deles, e com falta de efetivo, como soldados e cabos! Não é hora de dar à alguns soldados um descanso e colocarem pessoas qualificadas e bem graduadas nas UPPs? Pois posso afirmar que tais subtenentes seriam muito bem aproveitados e dariam a população um serviço de excelência!

    ResponderExcluir