domingo, 26 de abril de 2015

ALGUNS BATALHÕES NÃO TRABALHARÃO MAIS NO RAS


17 comentários:

  1. Falência total !!!!

    ResponderExcluir
  2. e a corporação continua ladeira abaixo: nos 04 meses do ano a pm perdeu em seu efetivo nada mais nada menos que 510 ( QUINHENTOS E DEZ) ppmm através de reserva remunerada - licenciamento e exclusão - licenciamento a pedido - falecimento tudo isto através de pesquisa através de bol pm e bdr pm . em janeiro foram 99 - fevereiro 150 - março 160 e abril 101. calculo que em dezembro a perda total bata na casa dos 1500 ppmm. e ninguem está ai infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Tendência é que continue aumentando as saídas pois nem louco gosta de sofrer...né

      Excluir
  3. A família é a coisa mais sagrada para o ser humano, não ha dinheiro que pague.

    ResponderExcluir
  4. .....bombeiro. ...revoltado. ....e ...lutador......pela...nossas.,

    Dignidades.....SOS. ..cbmerj. ...PMERJ...
    ....graça... A..deus...acabou essas. Porcaria de gratificoes. Quem. Vive. De migalhas e. Pombos. E porcos. E lavagem...queremos salários dignos. E piso nacional .,só assim. Os covardes e babas ovos. X9..vão lutar por suas familias. E dignidades..unidos somos fortes oficiais e praças..
    Igual. Em brasilias...

    ResponderExcluir
  5. NEM PARECE QUE TEREMOS OLIMPÍADAS NO RIO DE JANEIRO NO ANO QUE VEM (2016)!

    ResponderExcluir
  6. Enquanto isso o efetivo das upps estao tendo que fazer ras obrigatorio em outras favelas. Ja nao basta trabalhar na sua propria upp numa escala apertada, e quando tem uma folga pra curtir a familia, nos tiram de nossas casas em nossa folga para fazer ras obrigatorio em outra. Tem que por fim no ras compulsório nas upps!

    ResponderExcluir
  7. se vai ter ou não depende de nos.

    ResponderExcluir
  8. tá ruim pede pra sair!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na certa é um apto B ou C ou algum peixinho que trabalha internemente no ar condicinada e vive mamando na teta da PM.

      Excluir
  9. A PM esta do jeito que esta hoje em dia por conta dos proprios policiais, desunidos, um querendo ser mais que o outro. Nesse pequeno comentario vemos isso. Alguns que acham que tudo o PM tem que " bancar " e se ta ruim pede pra sair. A época da escravidao acabou , se estava acostumado a ser peão de obra la fora, nao é por isso que na PM temoa que aceitar tudo também. Se ta ruim, lutemos por melhorias e melhores condicoes de trabalho, nao pedir pra sair. Pensamento . Pensamento infantil e mesquinho.

    ResponderExcluir
  10. No rio de janeiro vivemos em um estado que o educação , segurança e saúde não existem ou seja é a famosa falência múltiplas dos órgão!!

    ResponderExcluir
  11. Estamos perdendo tudo que foi prometido em 2012. Começou na escala, agora o RAS e o que mais vão conseguir tirar?

    ResponderExcluir
  12. Concordo plenamente, é um absurdo que fazem com o policial, temos que ficar com a mordaça e fazer o que pedem como se fossemos escravos ta na hora de mudança.

    ResponderExcluir
  13. Como pode, o município compra e o estado rouba o direito de seus funcionários. Ninguém quer saber se querem ou não vender seus direitos muito menos te-los cerceados. Se estivesse acontecendo em uma empresa privada, certamente, haveria inúmeras pessoas cobrando multa disso, daquilo, fazendo passeatas e etc. Porém, se tratando de ente público, nada pode ser feito, tudo tem que ser realizado e dane-se quem tem família e o que fazer.

    ResponderExcluir
  14. O Decreto Estadual 43.538/12 versa sobre a carga horária de até 144 horas mensais para a atividade fim (serviço de rua) e 40 horas semanais para a atividade meio (serviço interno) para Policiais Militares, entretanto não está sendo respeitada a carga horária para a atividade fim.

    ResponderExcluir