terça-feira, 21 de abril de 2015

Interno do Degase foge de hospital público na Mangueira

Um adolescente conseguiu fugir do Hospital Municipal Barata Ribeiro, na Mangueira, Zona Norte do Rio, na madrugada desta terça-feira. Interno da Escola João Luis Alves, do Degase, na Ilha do Governador, o jovem estava internado há mais de 15 dias na unidade.

O sindicato dos servidores do Degase (SIND-Degase) alega que nenhuma providência foi tomada pelos órgãos competentes, mesmo após diversos apelos dos agentes que escoltavam o interno 24 horas por dia no período em que esteve internado. O órgão também disse que o pedido feito pelo sindicato, que solicitou que o adolescente fosse transferido para outro hospital, em função da falta de segurança no local, que é entrada do Morro da Mangueira, não foi atendido.

Ainda de acordo com o sindicato, os agentes, que trabalham desarmados, chegaram a escutar ameaças de morte de pessoas da comunidade que visitam os pacientes, sem nada poderem fazer.

A Secretaria Municipal de Saúde, o adolescente foi operado na última quarta-feira e estava internado em uma das enfermarias sob vigilância de um agente do Degase. Não foi informado quando o jovem teria alta do hospital.

De acordo com a secretaria, enquanto o jovem esteve internado no local, a rotina da unidade não foi alterada e nenhum paciente foi incomodado. Por meio de nota, a direção do hospital disse que está à disposição das autoridades policiais para ajudar a esclarecer o caso no que for possível.

Segundo a 17ª DP (São Cristóvão), onde o caso foi registrado, testemunhas estão sendo ouvidas e imagens de câmeras de segurança foram solicitadas. A Polícia Civil disse que as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do fato.

O Degase ainda não se pronunciou sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário