quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Bope prende traficante Fu da Mineira


Dois dos traficantes mais procurados do Rio foram presos na terça-feira, durante operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), em Costa Barros. Ricardo Chaves de Castro Lima, o Fu da Mineira, e Cláudio José de Souza Fontarigo, o Claudinho da Mineira, foram localizados pelos policiais no Morro do Chapadão. O Disque-Denúncia oferecia R$ 10 mil por informações sobre o paradeiros dos criminosos, que eram inimigos de Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, morto no último sábado.Além de Claudinho e Fu, os policiais prenderam mais quatro traficantes, entre eles, César Augusto Alta de Araújo, o PQD, e Robson Aguiar de Oliveira, o Binho do Engenho. Segundo informações da polícia, os criminosos estavam num terraço quando o Bope, por volta das 5h, chegou com dois blindados. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Com os traficantes foram apreendidos quatro fuzis, uma ponto 50 e munições.

Fu estava foragido do sistema penal desde 2013, quando recebeu o benefício de redução de pena. Procurado também há dois anos, Claudinho cumpria pena em Rondônia. Ele foi beneficiado com a progressão de regime para o semiaberto, podendo ir visitar seus familiares por sete dias. Mas desde então não havia retornado para o presídio. Os criminosos foram encaminhados para a 39ªDP (Pavuna).

2 comentários:

  1. A valorização dos profissionais de segurança pública é essencial!

    Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna. Os Policiais Militares do Rio de Janeiro morrem por um vencimento inferior ao Salário Mínimo Necessário!

    O Salário Mínimo Necessário foi calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) em R$ 3.377,62 (três mil, trezentos e setenta e sete reais e sessenta e dois centavos) no mês de Maio de 2015, de acordo com o inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988 ("salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo").

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O adicional de periculosidade para profissionais de segurança pública foi aprovado!

    A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 193/15, que garante aos integrantes do sistema de segurança pública de todo o País o adicional de periculosidade. Pelo texto, cada estado vai estabelecer o valor do adicional, desde que observado um percentual mínimo de 30% sobre a remuneração total. Acrescido dos 30% de Adicional de Periculosidade (R$ 1.013,28), o valor do Piso Salarial da categoria deveria ser fixado em R$ 4.390,90 (quatro mil, trezentos e noventa reais e noventa centavos). O menor vencimento deve ser igual ou superior ao referido valor.

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA OS BAIXOS SALÁRIOS DOS SERVIDORES MILITARES NO RIO DE JANEIRO! POLICIAL MILITAR DESMOTIVADO SIGNIFICA SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA.

    ResponderExcluir
  2. "Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado."

    Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

    ResponderExcluir