sábado, 26 de setembro de 2015

Por falta de autonomia, comandante-geral da PM quer pedir para sair


Aos amigos, diz que, até o fim do ano, vai viver do lado de lá dos muros dos quartéis. E já pensa até num comando de transição. O principal motivo seria a falta da autonomia prometida pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. E também o fato de a maior parte das verbas da segurança ser alocada na subsecretaria de Inteligência — setor, afinal, de origem de Beltrame. Enquanto isso, a turma da PM — que é quem dá cara a tapa nas ruas — vive à míngua.

8 comentários:

  1. ÓTIMO....
    Então que comece o quanto antes esse "comando de transição".

    ResponderExcluir
  2. JÁ DEVERIA TER SAÍDO, OU SEJA NEM SABÍAMOS QUE ESTAVA NO COMANDO DA PM.

    ResponderExcluir
  3. Faz muito bem, ninguém deve se apegar ao cargo e nem às gratificações!

    ResponderExcluir
  4. PMERJ, DIGA NÃO À PL 833/2015!

    ResponderExcluir
  5. QUE VENHA UM OUTRO FANTOCHE!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. por incrivel que pareça até agora não fez nada para tropa,só bobagem proibindo o uso de farda mangas compridas o que vai mudar no trabalho do pm,só Deus para nos ajudar ,tomara que entre o cmt que olhe para tropa o que eu acho muito dificil mas como para Deus nada é impossivel vamos confiar em nosso Deus todo poderoso,que Deus posso nos abençoar e nos guardar e toda nossa familia ,as olimpiadas vem ai será que vai ter alguma melhora...

    ResponderExcluir
  7. Eu acho um excelente cmt,pois tem feito muita coisa boa principalmente, valorização e qualificação nos cursos internos, ou seja, o QOA( quadro de oficiais administrativos), o qual está ocorrendo na APM.além disso, o curso supracitado está sendo de excelência no berço de formação dos oficiais, mesmo com todos percalços existentes, nosso cmt geral usou um critério em que o individual não sobrepõe ao coletivo.... Muito obrigado e que deus ilumine o senhor e a família nessa missão árdua, mas nobre.

    ResponderExcluir