quarta-feira, 16 de setembro de 2015

UM VERDADEIRO DESCASO: Trincheira improvisada no complexo do Alemão

Helicóptero da Rede Record, filmou, na manhã desta terça (15), uma trincheira improvisada no complexo do Alemão, zona norte do Rio. Sentados em cadeiras e protegidos por galões de concreto, os PMs da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Alemão tentavam, ao mesmo tempo, se proteger e garantir o patrulhamento na região.


Além dos sacos de areia, a barricada também foi feita com um telhado improvisado de alumínio para proteger os agentes da chuva que atingiu a cidade nos últimos dias. A trincheira foi instalada em um dos acessos da localidade conhecida como Fazendinha, próximo à rua Canitá, em frente ao espaço cultural da comunidade. 
Em nota, o CPP (Comando das Unidades de Polícia Pacificadora) nomeou as barricadas instaladas em vielas dos complexos do Alemão e da Penha de "pontos fortificados". O CPP também afirmou que a instalação das bases aumentou a segurança dos policiais em locais em que a incidência de confrontos é mais intensa.

12 comentários:

  1. É MUITA FALTA DE RESPEITO E CONSIDERAÇÃO COM A SEGURANÇA PÚBLICA DO RJ ONDE OS GOVERNANTES NÃO ESTÃO NEM AI PARA OS POLICIAIS E SUAS FAMÍLIAS É AQUELE NEGÓCIO QUE DIZEM: VIDA QUE NÃO É MINHA FOGO NELA.

    ResponderExcluir
  2. Onde está o MP. isso não interessa a eles.

    ResponderExcluir
  3. onde está o MP? coçando saco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso também é coisa da polícia agir.

      Onde está a polícia?
      Parte dela treinando bandidos?
      Parte dela recebendo propina de bandido e permitir que exista o tráfico e caça niqueis?
      Parte dela nas milícias?
      Parte delas nas máfias dos transportes e não sei o que mais?
      Parte dela fazendo sexo com vagabundas, como uma ex maria batalhão que ficou famosa e queimou o filme de dezenas de PMs, já que ela deve ter transado com quase uma centena de PMs?
      Parte dela fazendo segurança da zona nobre?
      Parte dela fazendo segurança de comerciantes ricos a mando dos oficiais?
      Parte dela fazendo nada, querendo apenas o dinheiro no final do mês, como uns PMs admitiam num blog louco que saiu do ar?
      Parte dela extorquindo? E quando vai chegando o Natal então!
      Parte dela fazendo segurança dos políticos que maltratam vocês.Depois que um manifestante honesto vai para rua protestar contra a corrupção, a polícia ainda oprime e fala que todos são black blocks.

      Não estou generalizando, por isso usei o pronome indefinido "parte", puxa, mas não fala das instituições dos outros se a sua não é tão perfeita assim.

      Excluir
    2. Eu te dei uma resposta sem generalizar, mas meu comentário não entrou, meu caro.

      Excluir
  4. DETERMINAÇÃO DO COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

    Os policiais militares empregados no serviço administrativo trabalharão em regime de expediente, das 09h00 (nove) horas às 18h00 (dezoito) horas, conforme publicação inserta no Bol da PM n.º 172 - 18 Set 15 (página 34).

    ResponderExcluir
  5. Estagiário vai ganhar mais que Soldado na Polícia Militar do Rio de Janeiro

    JORNAL O DIA

    Em tempos de crise econômica e contenção de gastos do governo, a Polícia Militar do Rio está oferecendo uma vaga de estágio bem atrativa: o escolhido para trabalhar no Escritório de Gestão de Projetos do Estado-Maior da corporação irá receber R$ 2.400 para dar expediente apenas no período da manhã. O valor é maior que o recebido por PMs em começo de carreira, com vencimentos entre R$ 1.500 e R$ 2.000. É também superior ao previsto para aprovados em concurso, ainda em andamento, que pagará inicialmente cerca de R$ 2.300 após o treinamento no curso de formação de soldados.

    A vaga é nova na PM e se destina a estudantes de qualquer período de Ciências Sociais ou Relações Internacionais. Deseja-se apenas conhecimentos dos “pacotes básicos de computação” e “interesse na área de gestão pública”. O estagiário trabalhará quatro ou seis horas por dia, após processo seletivo que levará em conta apenas o currículo do candidato e entrevista com o gestor.

    Em nota, a PM informou que “os critérios para preenchimento das vagas estão sendo definidos”. A corporação não se pronunciou sobre o fato de o salário previsto para o estagiário ser maior do que o de militares.

    ResponderExcluir
  6. O Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuição legais, determinou, no último Boletim da Corporação, que os Policiais Militares empregados no serviço administrativo trabalharão em regime de expediente, das 09h00 (nove) horas às 18h00 (dezoito) horas.

    ResponderExcluir
  7. Estagiário da PMERJ vai ganhar mais que um soldado. Esta é a decadência das corporações nas mãos de políticos que fazem do sistema Brasileiro cabide de emprego e reinados particulares.

    ResponderExcluir
  8. A valorização dos profissionais de segurança pública é essencial!

    Ao escolher a profissão de Policial Militar, coloca-se em risco o bem mais precioso que o ser humano tem, a própria vida.

    Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna. Os Policiais Militares do Rio de Janeiro morrem por um vencimento inferior ao Salário Mínimo Necessário!

    O Salário Mínimo Necessário foi calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) em R$ 3.377,62 (três mil, trezentos e setenta e sete reais e sessenta e dois centavos) no mês de Maio de 2015, de acordo com o inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988 ("salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo").

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O adicional de periculosidade para profissionais de segurança pública foi aprovado!

    A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 193/15, que garante aos integrantes do sistema de segurança pública de todo o País o adicional de periculosidade. Pelo texto, cada estado vai estabelecer o valor do adicional, desde que observado um percentual mínimo de 30% sobre a remuneração total. Acrescido dos 30% de Adicional de Periculosidade (R$ 1.013,28), o valor do Piso Salarial da categoria deveria ser fixado em R$ 4.390,90 (quatro mil, trezentos e noventa reais e noventa centavos). O menor vencimento deve ser igual ou superior ao referido valor.

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA OS BAIXOS SALÁRIOS DOS SERVIDORES MILITARES NO RIO DE JANEIRO! POLICIAL MILITAR DESMOTIVADO SIGNIFICA SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA.

    Diante do exposto, fica evidente a necessidade de garantir um salário inicial no valor de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) aos Soldados das Polícias Militares do Brasil.

    ResponderExcluir
  9. Delegado atira contra bandidos em tentativa de assalto

    Três assaltantes tentaram roubar o carro da Autoridade Policial; um deles morreu no local.
    Crime ocorreu quando o delegado deixava a namorada em casa, em Goiânia.

    ResponderExcluir
  10. Normal, afinal no RJ policial militar não tem valor algum, o estado trata o vagabundo como pessoa de bem, e o PM com um ninguém, o que realmente falta na PM do RJ união, mas a mesma já foi considerada a mais operacional do país e hoje é motivo de piada, pelo descaso e desunião dentro da própria instituição.
    Onde praças são massacrados por oficiais que só se importam com politica.

    ResponderExcluir