quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

REPORTAGEM DIZ: Bônus por redução de crimes no segundo semestre de 2015 vai ser pago a 11.638 policiais

Em meio a uma grave crise financeira, o governo do estado terá que pagar quase R$ 64 milhões para policiais civis e militares que conseguiram reduzir os índices de criminalidade no segundo semestre do ano passado. Ao todo, serão 11.638 agentes agraciados com o bônus referente ao Sistema Integrado de Metas. Eles são lotados em 13 batalhões da PM, oito UPPs e 48 delegacias — veja no quatro abaixo. 
A dívida com os servidores da área de segurança, porém, é ainda maior. A premiação do primeiro semestre, totalizando R$ 184 milhões, ainda não foi paga, e até agora não há data definida para a quitação. 
Em ambos os casos, os valores foram calculados pelo jornal Extra com base em dados relativos aos efetivos da PM e da Polícia Civil. Como delegacias especializadas e batalhões sem ser os de área também podem receber a gratificação, o total a ser desembolsado pelo governo do estado, no que diz respeito a ambos os semestres, deve ser ainda maior do que a 
soma de R$ 248 bilhões. 
Entre as 13 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps) credenciadas ao prêmio referente aos últimos seis meses do ano passado, 11 alcançaram as metas estipuladas pela Secretaria estadual de Segurança (Seseg) pela segunda vez consecutiva. Em cinco delas — as de Duque de Caxias e Belford Roxo, na Baixada Fluminense; de Teresópolis na Região Serrana; e de Macaé e Campos, no interior do estado —, o total devido a cada policial civil e militar que atua na região é superior a R$ 18.000. 
As duas premiações serão as últimas pagas seguindo os valores antigos, que variavam entre R$ 4.500 e R$ 13.500. A partir de agora, após um decreto do governador Luiz Fernando Pezão, a bonificação de vai variar de R$ 1.500 a R$ 3.000 — um corte de até 77,8%. x 


15 comentários:

  1. OS SALÁRIOS DA PMERJ AINDA ESTÃO DEFASADOS...

    SERIA MUITO MELHOR PARA A CATEGORIA RECEBER SALÁRIOS DIGNOS!!!

    Salário das Polícias Militares no BRASIL - 2015 (SOLDADO - início de carreira)

    Estado - Salário inicial

    1. DISTRITO FEDERAL (BRASÍLIA) - R$ 7.190,98
    2. RONDÔNIA - R$ 5.952,80
    3. TOCANTINS - R$ 4.872,80
    4. GOIAS - R$ 4.485,92
    5. SANTA CATARINA - R$ 4.173,85
    6. MINAS GERAIS - R$ 4.098,01
    7. PARANÁ - R$ 3.651,75
    *Salário Mínimo Necessário estimado pelo DIEESE em Dezembro/2015: R$ 3.518,51.

    OS 20 (VINTE) ÚLTIMOS FORAM APAGADOS, POIS O VALOR DO SALÁRIO É INDIGNO, VERGONHOSO, ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO!

    RESPONSÁVEL PELA PESQUISA: DIRETOR DE ASSUNTOS POLÍTICOS DA ABAMF, SARGENTO RICARDO AGRA

    1- FONTE DE CONSULTAS- SITES OFICIAIS DOS GOVERNOS ESTADUAIS E TERRITÓRIOS (SECRETARIAS DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS, POLICIAS MILITARES, SECRETARIA DE SEGURANÇA PUBLICA, ASSEMBLEIAS LEGISLATIVAS, ASSOCIAÇÕES DE CLASSE DOS MILITARES ESTADUAIS)

    2- SITES DE EMPRESAS, FUNDAÇÕES E AUTARQUIAS QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELA EXECUÇÃO DE CONCURSOS DAS RESPECTIVAS PMS NOS ESTADOS OU TERRITÓRIOS.

    3- SALÁRIO GRADUAÇÃO DE SOLDADO EM INICIO DE CARREIRA. VALOR BRUTO.

    4- AS PMS DOS TERRITÓRIOS TEM TRAMITANDO UMA PEC NO CONGRESSO NACIONAL DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL COM OS PMS DE BRASILIA, AINDA EM VOTAÇÃO.

    Paulo Rogério N. da Silva

    Jornalista ABAMF/MTb 7355/RS


    QUANDO A PMERJ VAI SER VALORIZADA???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo, vc está doido !?!? Vc disse que em Rondônia um SD ganha R$ 5.952,80, de duas, uma, vc não conhece nada de Geografia, ou é um Maria vai com as Outras !!!!!

      Excluir
    2. CABO

      SOLDO PM/BM - 3.203,66
      ETAPA DE ALIMENTACAO PM/BM - 229,03
      FARDAMENTO PM/BM - 168,12
      ADICIONAL DE FORMACAO ADAPT. OU HAB. - 403,66
      TOTAL (+) 4.004,47

      AUXILIO SAUDE - 50,00
      IPERON - 396,80
      IMPOSTO DE RENDA - 98,33
      TOTAL (-) 545,13


      TOTAL COM DESCONTOS 3.459,34

      *** Lembrando que estamos falando de um CABO (Autoridade Máxima)

      Excluir
  2. OS POLICIAIS MILITARES DO RIO DE JANEIRO ARRISCAM A PRÓPRIA VIDA POR MUITO POUCO!

    A Polícia Militar precisa ser valorizada e fortalecida, pois POLICIAIS MILITARES DESMOTIVADOS significa SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA. Vale lembrar que o Rio de Janeiro sediará os Jogos Olímpicos de 2016, sendo o reconhecimento pecuniário indispensável, imprescindível para melhorar a qualidade do serviço policial-militar.

    Nas sociedades capitalistas é comum que o valor de um indivíduo seja aferido através do seu poder de compra, e isso tem muito a ver com seus rendimentos – a quantidade de dinheiro que ele consegue adquirir em determinado espaço de tempo. O salário do Policial Militar do Rio de Janeiro é incapaz de atender às suas necessidades vitais básicas (previstas no inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988).

    Não é à toa que, falando de valorização dos policiais brasileiros, sempre se remete à questão salarial como um problema sério, pois além de garantir elementos essenciais para a sobrevivência, “ganhar bem” concede ao profissional um posicionamento social de relevância. Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna.

    A PMERJ pode reclamar bastante dos seus vencimentos, pois são inadequados para as funções exercidas. Os baixos salários desmotivam a tropa e criam desinteresse pela profissão. Um Soldado de Polícia Militar em início de carreira deveria receber vencimentos iniciais de no mínimo R$ 3.518,51 (três mil, quinhentos e dezoito reais e cinquenta e um centavos) mensais, para uma jornada de trabalho de até 144 horas mensais. A questão salarial impacta diretamente na autoestima dos Policiais e na valorização das Polícias. O referido valor foi estimado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), trata-se do Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Dezembro/2015, de acordo com o inciso IV do artigo 7º da Carta Magna.

    Os baixos salários fazem a PMERJ perder oficiais e praças. O idealismo vai esmorecendo, pois já não encontra-se mais comandantes com "C" maiúsculo, dignos de orgulho de seus comandados e os vencimentos não são suficientes para dar uma vida digna à família. A tropa da PMERJ está desmotivada, insatisfeita e tem VERGONHA DO SALÁRIO! Não há justificativa para os BAIXOS SALÁRIOS.

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." O Policial Militar precisa ser valorizado como herói! Em contrapartida, a Polícia Militar deveria acabar definitivamente com a Promoção de Praças por Tempo de Serviço! As Promoções devem ser conquistadas mediante aprovação em concursos internos para o CFC, o CFS e o CAS, bem como a conclusão de um Curso de Ensino Superior. Os Policiais Militares que já concluíram o 3º Grau deveriam receber um acréscimo no salário, como é feito na Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Quem se qualificou tem que ser premiado. É a única forma de incentivar o estudo, a qualificação.

    “POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA SÓ É FEITA COM POLICIAIS BEM PAGOS” foi o que disse o então candidato ao Governo do Rio, Sérgio Cabral Filho.

    “O GOVERNANTE QUE DIZ QUE O ESTADO DO RIO NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR MELHOR SEUS POLICIAIS ESTÁ MENTINDO!” (palavras de Sérgio Cabral em 2006)

    ResponderExcluir
  3. Até 2021 esse governo incompetente paga, pois nem sequer falam.sobre o do primeiro semestre

    ResponderExcluir
  4. DEVERIA ACABAR DEFINITIVAMENTE COM BÔNUS POR REDUÇÕES DE CRIMES,SUSPENDER GRATIFICAÇÃO DO BOPE ,GAM , CHOQUE , UPP, BPGE e PROERD. O GOVERNO AO LONGO DOS TEMPOS, IMPLANTOU A PREMIAÇÃO PARA ENFRAQUECER E DIVIDIR A FORÇA QUE OS POLICIAIS MILITARES TÊM ,e ATÉ O MOMENTO, O SECRETÁRIO BELTRAME CONSEGUIU ADESTRAR TODOS OS POLICIAIS COMO UM CACHORRINHO SEM DONO. PARABÉNS BELTRAME, CORONÉIS e DELEGADOS, VOCÊS CONSEGUIRAM ENFRAQUECER A CATEGORIA .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A CATEGORIA NUNCA FOI FORTE QUANDO VEIO A GRATIFICAÇÃO FICOU PIOR AINDA SOMOS COVARDES!!!!!

      Excluir
  5. Então nós do 10*BPM fomos enganados,já que a tabela de índice que fica ao lado da sala do CMT consta que estávamos dentro dos limites estabelecidos.será que o CMT nós enganou????

    ResponderExcluir
  6. Quando vai ser pago?
    Na mesma data do primeiro semestre?

    ResponderExcluir
  7. Reportagem horrivel, que temos que receber isso é claro, mais deveria informar quando.....e isso nao foi feito!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é ! Não fala em data!!! Está parecendo que foi combinada a reportagem para continuar dando falsa esperança que iremos receber e na realidade vai acontecer a mesma coisa que aconteceu no 1° semestre do ano passado, ganhamos e não levamos nada!

      Excluir
  8. Votaram em peso nele por causa dessa gratificação. Agora segura.... Agora reclamam de trabalho escravo , comida ruim e falta de pagamento né , pois é , vcs merecem. Paguem pelos seus individualismos.

    ResponderExcluir
  9. Ahh , tem mais... Não se esqueçam de quem se arriscou a vida inteira e está na reserva , e não ganha a tal gratificação e que o policial que tomar um tiro ou baixar por qq outro motivo , não ganhará gratificação alguma.

    ResponderExcluir
  10. Ahh , tem mais... Não se esqueçam de quem se arriscou a vida inteira e está na reserva , e não ganha a tal gratificação e que o policial que tomar um tiro ou baixar por qq outro motivo , não ganhará gratificação alguma.

    ResponderExcluir
  11. UM ABSURDO, QUEREMOS RECEBER, MAS NINGUÉM QUER IR PRA RUA DEFENDER SALÁRIO E DIREITOS SÓ QUEREM GRATIFICAÇÃO, POR ISSO ESTAMOS NESSA MERDA. FOMOS COMPRADOS PELO PEZÃO PROMETEU MUNDO E FUNDOS E MAIS GRATIFICAÇÃO PRONTO, GANHOU A POLIÇADA TODA AINDA TEM COLEGA DEFENDENDO DE UNHAS E DENTES ESSE GOVERNADOR!!!

    ResponderExcluir