sexta-feira, 6 de maio de 2016

Secretário diz que não tem dinheiro para pagar os servidores

O Estado ainda não tem previsão se vai ou não conseguir pagar os servidores no próximo dia 13, 10º dia útil do mês, prazo máximo estipulado pelo governo para o depósito dos salários de seus funcionários, devido à crise. A informação foi dada pelo secretário estadual de Fazenda, Júlio Bueno, ontem.  Segundo ele, o Estado não tem dinheiro suficiente no banco hoje para efetuar os pagamentos em dia. “Nossa luta é para pagarmos no dia estabelecido, que é o dia 13 de maio. Se eu tivesse o recurso hoje no banco, eu teria 100% de certeza de que pagaria, até porque a prioridade absoluta dada pelo governador Pezão e pelo governador Dornelles é pagarmos o funcionalismo. 
No entanto, nós não temos esse recurso no banco. Esse recurso está vindo todo dia dos impostos que são pagos pela sociedade ao Estado.Há possibilidade de pagarmos no dia. Lutamos para isso”, disse o secretário. Ele negou, no entanto, a hipótese de demissões para cortar gastos: “Nesse momento, não.Nós somos obrigados a cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Estamos dentro dela nesse momento. Pode ser que daqui para frente, nos meses posteriores, tenhamos o problema de romper os limites da lei. E aí é uma discussão que teremos que fazer”, afirmou Bueno.

8 comentários:

  1. Seria cômico se não fosse trágico!!! Não tem pq tem terminar as obras das Olimpíadas e pagar as dívidas deixada por ela? Fora a roubalheira!!!

    ResponderExcluir
  2. Enquanto os servidores não criarem vergonha na cara e iniciarem uma paralisação geral é isso ai mesmo, porque criar mais cargos comissionados que não servem pra nada pode,isenção fiscal também pode né? mas pagar em dia não né?

    ResponderExcluir
  3. Quem quer sediar uma Olimpíada tem que ter dinheiro para pagar os servidores em dia!

    Outra coisa, o Estado está em crise porque concedeu isenções fiscais às empresas.

    Milhões de reais deixam de ser arrecadados por mês por conta dessas isenções!

    O que precisa ser feito é mudar a maneira de administrar os recursos públicos.

    Servidores Públicos essenciais (Militares Estaduais) não podem ter seus pagamentos atrasados!

    ResponderExcluir
  4. Beira à insanidade não trocar a sede das Olimpíadas 2016 para outro país.

    ResponderExcluir
  5. OLIMPÍADAS NO RIO, TÔ FORA !

    ResponderExcluir
  6. Excelentíssimo senhor governador, na sexta-feira, dia 13 de Maio de 2016, data do 207º ANIVERSÁRIO DA PMERJ, 10º dia útil do mês, o Policial Militar não receberá o salário referente ao mês de Abril do corrente ano? O correto seria o Governo ter pago no final do mês de Abril, como foi feito com os servidores do Judiciário, mas a tropa não se incomoda em receber no 1º ou 2º dia útil do mês seguinte. Não é possível que nem no 10º dia útil o salário seja pago, seria muita falta de respeito com quem arrisca a própria vida para defender a sociedade! Como vamos sediar os próximos Jogos Olímpicos se não conseguimos pagar servidores públicos essenciais?

    ResponderExcluir
  7. 5 (cinco) policiais militares morrem em 4 (quatro) dias e ninguém faz nada. Ninguém é preso. Ninguém investiga nada.

    De quinta-feira (05/05) a domingo (08/05) tivemos as mortes de 5 policiais militares. E o que a polícia, tanto militar, quanto civil fez? Nada! Já com relação a morte da menina de 17 anos a polícia no dia seguinte foi atras, fez operação e prendeu os acusados da morte da menina. Ou seja, a própria polícia trata a morte de seus agentes com desprezo. Não vão atrás, não investigam, não prende quem matou, enfim, a polícia já banalizou a morte de policiais, seja em serviço ou na folga.
    Como a morte da menina de 17 anos gerou mídia negativa, por se tratar de uma família com boas condições financeiras e a morte repercurtiu mal na imprensa, e temos aí as olimpíadas, não deixaram barato e foram pra cima pra investigar e prender em tempo recorde.
    Por que não vemos o mesmo empenho da própria polícia quando o morto é um policial ? O empenho deveria ser maior, não acham? Mas, não é isso que vemos.
    Não que a morte da menina ou de qualquer pessoa seja menos importante, não estamos falando disso; a morte dela como a de qualquer outra pessoa deve ser investigada a fundo e os acusados devem ser presos e pagar pelo crime. Mas, o questionamento que fazemos aqui é por que quando morre um policial a coisa não é assim?

    Será que se os bandidos começassem a caçar e matar políticos, magistrados e empresários, eles tratariam essas mortes como banais, com desprezo, assim como estão fazendo quando morrem policiais?
    Mataram cinco policiais em apenas 4 dias... Isso é caso de a polícia toda se unir e correr atrás dos assassinos. Mas, não... Não vemos o secretário de segurança falar nada, comandante da PMERJ não fala nada, o chefe de polícia civil está nem aí, e por aí vai. Tem concurso público para colocar outro no lugar, né?! Por isso não fazem absolutamente nada. Não dão uma resposta a família do policial, aos filhos, as esposas, ou seja, tratam a morte do policial como a morte de um indigente. Em muitos casos, nem com o enterro do policial morto o estado arca. Já tiveram muitas famílias de policiais mortos que tiveram de se virar para poder enterrar o corpo por que até nessa hora o estado a abandonou.

    Até quando vai continuar esta "matança" de policiais e o estado vai ficar de braços cruzados e não vai dá uma resposta rápida e a altura, prendendo o autor ou autores destes crimes? Policiais também são país de família, também são filhos... Tem pessoas que sofrem pela perda deles. Alguém acha que não? As autoridades, pelo visto, acham isso.

    Ontem no complexo do Alemão teve mais um policial morto. Tiro na cabeça. E ai, será que hoje temos operação na favela? Será que algum delegado da homicídios esteve lá pra colher imagens de câmeras do local? Será que já identificaram os autores? Não. Absolutamente nada foi ou será feito.

    Se fosse o filho de um político ou empresário... Os autores já estariam presos hoje mesmo.

    https://propolicia.blogspot.com.br/2016/05/cinco-policiais-morrem-em-4-dias-e.html?showComment=1462811920625#c5467056958356056884

    ResponderExcluir
  8. Estou muito indignado com.este governo, sempre com.desculpas.

    ResponderExcluir